sicnot

Perfil

Mundo

Guerrilheiro suspeito de mandar matar defensores de direitos humanos detido na Colômbia

As autoridades da Colômbia prenderam um chefe da guerrilha Exército de Libertação Nacional (ELN), acusado de mandar matar defensores dos direitos humanos, informou esta quinta-feira o Ministério Público.

Javier Gaviria Muñoz, conhecido por "Cazuelo", foi capturado em Popayán, no sudoeste do país, numa operação realizada na capital do departamento de Cauca por agentes do Corpo Técnico de Investigações do Ministério Público.

A acusação contra "Cazuelo", enquanto alegado autor material, inclui os crimes de homicídio, tráfico, fabrico ou posse de armas, uso privado das forças militares e conspiração.

No ano passado, 78 defensores de direitos humanos foram assassinados na Colômbia, igualando o recorde de vítimas de 2013, segundo dados da organização não-governamental Somos Defensores.

Lusa

  • António Guterres, "o governante mais amado desde sempre em democracia"
    2:27

    País

    António Guterres foi distinguido com o grau de honoris causa pela Universidade de Lisboa. A cerimónia decorreu esta manhã e contou com a presença do Presidente da República e do primeiro-ministro. Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou que Guterres foi o governante mais amado da democracia portuguesa.