sicnot

Perfil

Mundo

Homem mata 10 mulheres da sua família na Índia

© Amit Dave / Reuters

Um homem sedou e degolou 10 mulheres da sua família no estado de Uttar Pradesh, no norte da Índia, suicidando-se posteriormente, informou hoje à agência de notícias espanhola EFE uma fonte policial.

"Sedou os membros da sua família e degolou-os com uma faca de grandes dimensões. Matou duas mulheres e oito raparigas e depois enforcou-se", disse Santosh Kumar Singh, superintendente da polícia do distrito de Amethi, onde ocorreram os factos.

Quatro das vítimas eram filhas do assassino e outras quatro eram suas sobrinhas, todas elas menores de 15 anos. As duas mulheres mortas eram suas cunhadas e vivam na mesma casa com o homicida, na localidade de Mahona Paschim.

O caso aconteceu na madrugada de quarta-feira, quando o homem - que tinha a cargo economicamente a família - sedou as vítimas para depois as degolar.

O assassino também sedou a sua mulher e uma filha de 17 anos, mas não as atacou, sublinhou a fonte.

Quando despertou, a jovem de 17 anos alertou os vizinhos, que chamaram a polícia na manhã de quarta-feira. As autoridades não encontraram uma nota de suicídio e já começaram a investigar o caso para esclarecer o que aconteceu.

O assassino tinha ainda dois filhos, que não se encontravam no domicílio quando as mulheres foram mortas.

Lusa

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.