sicnot

Perfil

Mundo

Militares da Nigéria encontram outra das estudante de Chibok raptadas pelo Boko Haram

Mãe de uma das estudantes raptadas pelo Boko Haram

© Afolabi Sotunde / Reuters

Os militares da Nigéria disseram que outra das estudantes de Chibok raptadas pelo Boko Haram há perto de três anos foi encontrada esta quinta-feira por soldados a vaguear perto da floresta reduto do grupo extremista.

Cerca de 300 raparigas foram raptadas pelo Boko Haram de um colégio na cidade de Chibok (nordeste) em abril de 2014.

Em maio, uma das raparigas conseguiu fugir e em outubro o governo negociou a libertação de 21 outras. Uma outra rapariga foi libertada em novembro num ataque a um campo dos extremistas na floresta de Sambisa.

O coronel Sani Kukasheka Usman, porta-voz do exército, disse que a última rapariga a alcançar a liberdade foi descoberta hoje perto da cidade de Damboa (nordeste).

Mais de 200 estudantes continuam desaparecidas, das quais várias terão morrido devido à malária e a mordeduras de cobras.

Lusa

  • Frio no fim de semana, regiões do interior podem chegar aos -5 °C
    1:23
  • Bombeiro ferido nos fogos de Pedrógão Grande regressou a casa
    2:33

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Seis meses depois dos incêndios de Pedrógão Grande, regressou a casa o último dos bombeiros de Castanheira de Pera que estava internado desde junho. Rui Rosinha esteve em coma mais de dois meses e tem ainda pela frente uma longa recuperação. O bombeiro não quer que o país esqueça o que aconteceu e espera que as duas tragédias deste ano (fogos de junho e outubro) sirvam de lição para o futuro.

  • Pedrógão Grande, seis meses depois - documentário Expresso
    0:29
  • Ilhas Selvagens são um tesouro no Atlântico que é preciso preservar
    2:33
  • PS volta a subir nas intenções de voto e não baixa dos 40%
    2:01