sicnot

Perfil

Mundo

O amendoim pode ser bom para os bebés

Matthew Mead

Os bebés devem consumir alimentos à base de amendoim desde cedo a fim de reduzir o risco de alergia, indicou um novo estudo realizado nos Estados Unidos, divulgado esta quinta-feira pela BBC. Os investigadores dizem que o risco de alergia ao amendoim pode ser evitado em mais de 80% caso haja exposição precoce a este alimento.

O Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos disse que esta revelação foi "um importante passo em frente". Ainda assim, é preciso ter alguns cuidados, sendo um deles não dar amendoins inteiros ao bebé, uma vez que pode causar asfixia.

Nos Estados Unidos os níveis de alergia estão a crescer e, desde 2008, mais do que quadriplicaram. Trata-se de um padrão que ocorre com muita frequência em grande parte do mundo ocidental, bem como na Ásia e África.

Hoje em dia os pais ainda são um pouco céticos em relação à introdução do amendoim na alimentação do bebé, uma vez que no passado foram aconselhados a esperar que a criança chegasse aos três anos de idade.

O estudo indica que:

- As crianças com outras alergias ou eczema grave devem começar com alimentos que contenham amendoim, entre os quatro e os seis meses de idade, com supervisão médica;

- Os bebés com eczema moderado devem ter alimentos que contenham amendoim aos seis meses de idade;

- Aqueles sem eczema ou alergias podem ter comida contendo amendoim livremente introduzida.

Anthony Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas, disse que espera que "(..) a aplicação generalizada destas orientações por prestadores de cuidados de saúde venham impedir o desenvolvimento da alergia ao amendoim em muitas crianças suscetíveis e, finalmente, reduzir a prevalência da alergia ao amendoim nos Estados Unidos".

Michael Walker, membro da Academia Europeia de Alergia e Imunologia Clínica, diz que "as diretrizes são baseadas em pesquisas médicas sólidas, realizadas no Reino Unido", e que "pais britânicos devem consultar o médico de família, chamando a atenção para as orientações, se necessário, antes de tentar qualquer prevenção da alergia ao amendoim no bebé."

Para sustentar o estudo, Alan Boobis, do Imperial College de Londres, afirma que "a visão anterior de que adiar a introdução de alimentos alergénicos diminui o risco de alergia alimentar é incorreta e a exclusão ou a introdução tardia de alimentos alergénicos específicos podem aumentar o risco de alergia aos mesmos alimentos, incluindo o amendoim."

Relembramos que se trata apenas de um estudo e que várias questões devem ser vistas com o médico de família antes de sujeitar o seu bebé a este ou outro tipo de alimentos.

  • Mais de um milhão de crianças em risco de morrer à fome
    1:23

    Mundo

    Cerca de 1.4 milhões de crianças estão em risco iminente de morrer à fome. Deste modo, a UNICEF faz um apelo urgente de cerca de 230 milhões de euros para levar nos próximos meses comida, água e serviços médicos a estas crianças. As imagens desta reportagem podem impressionar os espectadores mais sensíveis.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Partidos querem eleições a 1 de outubro
    1:35
  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32
  • Homem que esfaqueou mulher em Esmoriz é acusado de homicídio qualificado
    1:24

    País

    O homem que no sábado esfaqueou a mulher em Esmoriz está acusado de homicídio qualificado. O arguido de 50 anos foi ouvido esta segunda-feira pelo juiz de instrução e ficou em prisão preventiva, uma medida fundamentada pelo perigo de fuga e de alarme. O homem remeteu-se ao silêncio durante o interrogatório, no Tribunal de Aveiro.

  • Homem condenado a oito anos e meio por abuso sexual da mãe
    1:10

    País

    O Tribunal de Coimbra condenou esta segunda-feira um homem de 53 anos a oito anos e meio de prisão por abuso sexual da mãe e ainda por crimes de roubo e coação. A mãe, de 70 anos, sofria de problemas nervosos e consumia bebidas alcoólicas com frequência, tendo sido vítima de abuso sexual por parte do filho enquanto dormia. Os crimes cometidos remetem para o início de 2016, depois do homem já ter cumprido outras penas de prisão em Espanha.

  • Jovem de 21 anos morre colhida por comboio na linha da Beira Baixa
    0:43

    País

    Uma jovem de 21 anos morreu esta segunda-feira ao ser atropelada pelo comboio Intercidades à saída da estação de Castelo Branco, na linha da Beira Baixa. A vítima foi colhida pelo comboio que seguia no sentido Lisboa-Covilhã ao atravessar a linha de caminho de ferro. Este é um local onde não existe passagem de nível, mas habitualmente muitas pessoas arriscam fazer a travessia da linha.

  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.