sicnot

Perfil

Mundo

Três detidos em Guantánamo transferidos para a Arábia Saudita

© Handout . / Reuters

Três detidos da prisão militar norte-americana de Guantánamo chegaram esta quinta-feira à Arábia Saudita, informou um jornalista da agência noticiosa France-Presse no aeroporto de Riade.

Na quarta-feira a Casa Branca tinha admitido novas transferências de detidos desta controversa prisão para outros países, apesar da oposição do presidente eleito, Donald Trump.

Membros da família de um dos detidos estavam presentes no aeroporto. Indicaram que esse prisioneiro, Mohammed Bawazir, é de nacionalidade iemenita e esteve detido 16 anos em Guantánamo, a base militar que os EUA possuem no sudeste da ilha de Cuba.

O Presidente Barack Obama não conseguiu cumprir a sua promessa de encerrar esta prisão que incarna, na perspetiva de numerosos países do mundo, os excessos da luta antiterrorista dos Estados Unidos após os atentados do 11 de setembro de 2001.

No entanto, o número de detidos foi consideravelmente reduzido. Quando assumiu funções em janeiro de 2009 encontravam-se em Guantánamo 242 detidos, e com estas novas transferências permanecem 59 prisioneiros em Guantánamo.

Lusa

  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".