sicnot

Perfil

Mundo

Três detidos em Guantánamo transferidos para a Arábia Saudita

© Handout . / Reuters

Três detidos da prisão militar norte-americana de Guantánamo chegaram esta quinta-feira à Arábia Saudita, informou um jornalista da agência noticiosa France-Presse no aeroporto de Riade.

Na quarta-feira a Casa Branca tinha admitido novas transferências de detidos desta controversa prisão para outros países, apesar da oposição do presidente eleito, Donald Trump.

Membros da família de um dos detidos estavam presentes no aeroporto. Indicaram que esse prisioneiro, Mohammed Bawazir, é de nacionalidade iemenita e esteve detido 16 anos em Guantánamo, a base militar que os EUA possuem no sudeste da ilha de Cuba.

O Presidente Barack Obama não conseguiu cumprir a sua promessa de encerrar esta prisão que incarna, na perspetiva de numerosos países do mundo, os excessos da luta antiterrorista dos Estados Unidos após os atentados do 11 de setembro de 2001.

No entanto, o número de detidos foi consideravelmente reduzido. Quando assumiu funções em janeiro de 2009 encontravam-se em Guantánamo 242 detidos, e com estas novas transferências permanecem 59 prisioneiros em Guantánamo.

Lusa

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.