sicnot

Perfil

Mundo

Londres ultrapassa níveis de poluição anuais só nos primeiros dias do ano

© Eddie Keogh / Reuters

Londres superou nos primeiros cinco dias de 2017 o limite máximo anual de contaminação ambiental estabelecido pela União Europeia, segundo dados oficias esta sexta-feira divulgados.

O limite estipulado pela legislação europeia exige que a concentração máxima de dióxido de nitrogénio (NO2) no ar não exceda os 200 microgramas por metro cúbico mais de 18 vezes ao longo de um ano em qualquer área da cidade.

Com relação a este regulamento, os novos dados divulgados hoje mostram que nas ruas de Brixton Road, no bairro de Lambeth, na capital britânica, já se haviam concentrado os maiores níveis de NO2 antes do final da primeira semana de 2017.

De acordo com o projeto ambiental sobre o ar de Londres realizado pelo King's College, as normas foram quebradas antes das 21:00 de quinta-feira, devido à concentração desta substância contaminante, que provoca problemas de coração e pulmões.

No bairro de Putney, no sudoeste da cidade, também houve uma infração das normas europeias, segundo os peritos do projeto.

A representante da Fundação Britânica para o Pulmão, Penny Woods, informou que "os limites de poluição em Londres, mesmo com temperaturas frias, podem representar um risco grave para as pessoas que sofrem de doenças pulmonares", acrescentando que "pode afetar toda a saúde".

Paralelamente, o autarca de Londres, o trabalhista Sadiq Khan, anunciou hoje que instalará em Londres dez "zonas de autocarros de baixa emissões", a fim de melhorar a qualidade ambiental em algumas das ruas mais contaminadas da capital.

Espera-se que com estas medidas seja possível diminuir em 84% dos níveis alcançados atualmente pelo NO2.

Aln Andrews, advogado da organização ambiental ClientEarth, considerou as brechas nas regras europeias "outro lembrete infame da gravidade da contaminação de Londres".

Em outubro, Khan anunciou que quer adiantar um ano, para 2019, a introdução de uma "zona de emissões ultra baixas (ULEZ)" no centro da capital, em que os diversos meios de transporte deverão cumprir um rigoroso critério dobre os níveis de suas emissões de poluentes ou pagar uma outra taxa diária.

Lusa

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Governo promete melhorar condições de 26 mil famílias
    1:23

    País

    O ministro do Ambiente explicou esta terça-feira, no Parlamento, as novas medidas para a habitação: reduzir os impostos para arrendamentos longos, melhorar as condições de 26 mil famílias e introduzir o arrendamento vitalício para maiores de 65 anos. Este é um investimento que vai chegar aos 1700 milhões de euros.

  • Pato em excesso de velocidade faz disparar radar numa estrada suíça
    1:31
  • Peixe-galo e batatas rosti, qual o cardápio do encontro entre os líderes das Coreias?

    Mundo

    O menu do encontro entre o líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o Presidente sul-coreano, Moon Jae-in, já foi dado a conhecer esta terça-feira. Através do site oficial do Governo, Seul anunciou um cardápio com vários pratos típicos da Península da Coreia, como dumplings ao vapor, arroz cultivado na Coreia, carne grelhada, salada fria com polvo, peixe-galo, batatas rosti e sopa fria.

    SIC

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17