sicnot

Perfil

Mundo

Primeiro-ministro de Israel volta a ser interrogado no caso de corrupção

© Ronen Zvulun / Reuters

O primeiro ministro de Israel voltou a ser interrogado no âmbito de uma investigação de corrupção, sendo esta a segunda vez que Benjamin Netanyahu respondeu às perguntas da polícia durante esta semana.

Os investigadores deslocaram-se à residência do primeiro-ministro, em Jerusalém, onde estiveram durante cinco horas.

Em causa, estão ofertas que Netanyahu terá recebido, de acordo com o Ministério da Justiça que não adiantou mais pormenores sobre o caso. Os media israelitas adiantam que o valor das prendas ascende a muitos milhares de euros.

Não é a primeira vez que Netanyhau se vê envolvido em suspeitas de corrupção, o que o primeiro-ministro sempre negou.

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.