sicnot

Perfil

Mundo

Schwarzenegger arrasado por Trump, a "máquina das audiências"

"The Apprentice" 9 de julho de 2004

RIC FRANCIS / AP

Donald Trump arrasou hoje, no Twitter, o ator Arnold Schwarzenegger, atual apresentador do programa "The Celebrity Apprentice" que teve baixas audiências em comparação com "a máquina da audiometria", o próprio Donald J. Trump.

"Wow, as audiências chegaram e Arnold Schwarzenegger foi "submerso" (ou destruído) em comparação com a máquina das audiências, DJT."

Schwarzenegger não ficou calado. Em resposta, também no Twitter, o antigo governador da Califórnia desejou sucesso ao futuro Presidente dos EUA.

"Desejo-lhe muitoa sorte e espero que trabalhe para TODOS os americanos tão agressivamente como trabalhou para as suas audiências."

O primeiro episódio da oitava temporada do "reallity show" com o ator de origem austríaca de 69 anos foi para o ar na segunda-feira à noite. De facto, as audiências caíram, face à era Trump: 4,9 milhões de espectadores para o "Terminator" contra os 6,5 milhões que a "máquina das audiências" conseguiu no primeiro episódio da sua última temporada, há dois anos.

Donald Trump apresentou "The Apprentice" e "The Celebrity Apprentice" durante 14 temporadas.

Vai tomar posse como Presidente dos Estados Unidos a 20 de janeiro, numa cerimónia pública junto ao edifício do Capitólio, em Washington.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • "É um momento histórico para a independência energética"
    1:13

    Mundo

    Esta sexta-feira Donald Trump cumpriu mais uma promessa de campanha. O presidente norte-americano ordenou a construção do oleoduto Keystone, um projeto polémico rejeitado por Barack Obama e contestado pelos ambientalistas e pelos índios Sioux.  

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.