sicnot

Perfil

Mundo

Tiroteio no aeroporto da Florida causa cinco mortos e vários feridos

© Zachary Fagenson / Reuters

Um tiroteio no aeroporto da Florida, nos Estados Unidos, fez esta sexta-feira cinco mortos e oito feridos. O atirador já foi detido pelas autoridades.

Última atualização: 22h42

Zonas evacuadas e vítimas assistidas

O tiroteio aconteceu no aeroporto de Fort Lauderdale e causou cinco mortos e oito feridos.

O aeroporto, que é utilizado em média por 73 mil passageiros por dia, encontra-se encerrado e as vítimas foram assistidas por equipas de emergência médica e encaminhadas para o hospital.

© Andrew Innerarity / Reuters

© Andrew Innerarity / Reuters

Lynne Sladky

Lynne Sladky

Wilfredo Lee

Wilfredo Lee

Alan Diaz

Wilfredo Lee

Wilfredo Lee

Wilfredo Lee

Suspeito detido pelas autoridades

Na rede social Twitter, o gabinete do xerife de Broward County confirmou o incidente e a "detenção de um indivíduo".

O homem foi identificado como Esteban Santiago, tem 26 anos, é de Nova Jérsia e trazia consigo um documento de identificação militar. Já terá sido interrogado.

Esteban Santiago era um passageiro de um voo canadiano. Trazia a arma na mochila que tinha acabado de ir buscar ao terminal 2. Dirigiu-se depois à casa de banho, onde carregou a arma.

O incidente ocorreu no Terminal 2 da recolha de bagagens, referiram os serviços de informação do aeroporto.

Suspeito esteve sob tratamento psicológico

O irmão de Esteban, Bryan Santiago, disse que o suspeito recebeu tratamento psicológico enquanto viveu no Alasca. Em declarações à AP, o irmão de Esteban revelou que a família recebeu há poucos meses uma chamada telefónica da alegada namorada do suspeito a alertar para a situação.

Bryan Santiago disse também não saber porque é que o irmão estava a ser tratado.

Esteban Santiago, uma vida de mudanças

O suspeito nasceu em Nova Jérsia mas mudou-se para Porto Rico com apenas 2 anos. Cresceu na cidade costeira de Penuelas e serviu a Guarda Nacional de Porto Rico durante dois anos.

Foi destacado para o Iraque em 2010 e lá passou um ano com o 130º Batalhão de Engenharia.

Imagens de pânico e desespero no aeroporto

Imagens transmitidas por uma televisão local mostram um cenário irreconhecível no terminal 2 do aeroporto, junto à zona de bagagens.

Outras estações transmitiram imagens com equipas médicas que assistiam algumas vítimas à entrada do aeroporto.

A polícia disse ter sido alertada às 12:55 (hora local, 17:55 em Lisboa). Este aeroporto no sudeste dos Estados Unidos é conhecido como um local de trânsito para numerosos turistas inscritos em cruzeiros, ou que viajam para as Caraíbas.

Incidente ou ataque terrorista?

Os motivos do ataque ainda não são conhecidos e o senador da Florida, Ben Nelson, adiantou que ainda não se sabe se se tratou ou não de um ataque terrorista.

O antigo porta-voz da Casa Branca, Ari Fleischer, também recorreu ao Twitter para dar conta de que estava no aeroporto no momento do tiroteio.

A reação de Donald Trump

O Presidente-eleito dos Estados Unidos já reagiu ao ataque no aeroporto de Fort Lauderdale. Donald Trump disse estar a acompanhar a "terrível situação na Florida" e pediu a todos que se "mantenham em segurança".

Dezenas de voos afetados

De acordo com o rastreador de aviação FlightAware, cerca de 60 voos de e para o aeroporto foram adiados e mais de 10 foram cancelados.

  • "A situação está longe de estar controlada"
    2:45

    Mundo

    O correspondente da SIC nos EUA considera que a situação no aeroporto da Florida está longe de estar controlada. Luís Costa Ribas explica que as televisões norte-americanas estão a avançar com imagens de pessoas a afastarem-se dos terminais e das forças policiais a correrem armadas, facto que poderá indiciar a presença de mais um elemento suspeito. O correspondente da SIC adianta também que, de acordo com o Senador democrata do Estado da Florida, o atirador, de 26 anos, nasceu em Nova Jérsia e possuía identificação militar.

  • "Há muita facilidade nos Estados Unidos em ter armas"
    5:42

    Opinião

    Um tiroteio no aeroporto Fort Lauderdale, na Florida, Estados Unidos, causou esta sexta-feira cinco mortos e 13 feridos. O especialista em Relações Internacionais, Daniel Pinéu, esteve no Jornal da Noite para falar sobre o ataque, que considera dever-se à facilidade em possuir uma arma nos Estados Unidos.

  • "O atirador já foi detido, está a ser interrogado pelas autoridades e tudo aponta para que seja o único envolvido"
    1:28

    Mundo

    Luís Costa Ribas, correspondente da SIC nos EUA, diz que os americanos sabem que o terrorismo é uma realidade e que a isso não é alheio o facto de a investidura de Donald Trump ter uma protecção de 50 mil polícias, militares e agentes de informação, não havendo, para já, relação entre este tiroteio e a investidura. A presidente da câmara municipal de Fort Lauderdale diz que o atirador já foi detido, está a ser interrogado pelas autoridades e que tudo aponta para que seja o único envolvido e não haja ligação a grupos terroristas.

  • Dirigentes do GD Ribeirão acusados de auxílio à emigração ilegal
    1:34

    Desporto

    Oito dirigentes do Grupo Desportivo de Ribeirão, um clube de Vila Nova de Famalicão que fechou as portas em 2015, foram acusados pelo Ministério Público.Em causa, estão suspeitas de auxílio à emigração ilegal ou falsificação de documentos, relacionadas com transferências de jogadores estrangeiros em situação ilegal.

  • Capacetes Brancos agradecem Óscar para filme sobre a guerra na Síria
    1:34

    Óscares 2017

    O Óscar para melhor documentário curto foi atribuído a um filme sobre a guerra na Síria. "The White Helmets" retrata o trabalho dos Capacetes Brancos, uma equipa de voluntários que ajuda no salvamento e resgate de habitantes sírios atingidos pelo conflito no país. O Fundador dos Capacetes Brancos já veio fazer um agradecimento público pela atribuição deste galardão. Raed Saleh diz que é uma motivação para os voluntários que todos os dias arriscam a vida para salvar outras pessoas.

  • O primeiro eclipse solar do ano
    0:57
  • O Nokia 3310 está de volta
    1:16