sicnot

Perfil

Mundo

Divulgado vídeo do momento em que homem começou a disparar no aeroporto da Florida

Divulgado vídeo do momento em que homem começou a disparar no aeroporto da Florida

O site norte-americano TMZ divulgou um vídeo do exato momento em que o atirador da Florida começou a disparar, no Aeroporto Internacional de Fort Lauderdale, nos Estados Unidos da América. O ataque da passada sexta-feira fez cinco mortos e oito feridos.

No vídeo é possível ver o normal funcionamento do terminal dois do aeroporto. Isto até ao momento em que Esteban Santiago - ex-militar com um ano de serviço no Iraque - começa a disparar indiscriminadamente contra os passageiros que estavam na zona de recolha de bagagens.

O atirador de 26 anos foi detido e vai ser ouvido esta segunda-feira em tribunal. O homem enfrenta acusações de ato de violência num aeroporto e posse de arma. Esteban Santiago pode vir a ser condenado à pena de morte e, até ao momento, não se conhece os motivos que o levaram a disparar.

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.