sicnot

Perfil

Mundo

Quadros da Samsung interrogados no âmbito de caso de corrupção sul-coreano

© Reuters

Dois quadros do grupo empresarial Samsung foram interrogados esta segunda-feira como testemunhas no âmbito do caso de corrupção sul-coreano que já levou à destituição da Presidente Park Geun-hye.

Choi Soon-sil, amiga próxima da Presidente, foi acusada de ter extorquido, com a cumplicidade de Park, dezenas de milhões de dólares aos principais conglomerados do país, através de duas fundações, de modo a apropriar-se dos fundos.

Choi Gee-sung, um vice-presidente da Samsung, e Chang Choong-ki, um dos presidentes do grupo sul-coreano, foram interrogados esta segunda-feira na qualidade de testemunhas pelos magistrados do Ministério Público responsáveis pelo caso de corrupção e tráfico de influências, informou a agência Yonhap.

O Ministério Público acusou a amiga da Presidente de extorquir empresas, incluindo a Samsung, para que doassem cerca de 77.400 milhões de wones (62 milhões de euros) a duas fundações que Choi controlava efetivamente, dinheiro de que se apropriou parcialmente.

No passado dia 6 de dezembro, o vice-presidente da Samsung Electronics e líder do Grupo Samsung, Lee Jae-yong, negou durante uma comissão parlamentar ter doado dinheiro a troco de favores a Choi Soon-sil, já conhecida como "Rasputina".

Lee foi interrogado na Assembleia Nacional de Seul, a par com responsáveis de outros sete conglomerados locais, sobre a sua implicação no maior escândalo político das últimas décadas no país.

O caso gerou uma onda de indignação na Coreia do Sul e protestos de larga escala.

O parlamento, controlado pela oposição, aprovou a destituição da Presidente a 9 de dezembro, decisão que terá de ser ratificada, num prazo de seis meses, pelo Tribunal Constitucional.

Os seus poderes presidenciais estão suspensos, com o primeiro-ministro a liderar o Governo.

Lusa

  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11
  • Uma foto para a história

    Mundo

    As mulheres dos líderes mundiais que se reúnem nas cimeiras da NATO posam para a fotografia oficial das primeiras-damas. A deste ano é histórica. Pela primeira vez, há um marido de um primeiro-ministro entre as nove mulheres. Trata-se de Gauthier Destenay, casado com o líder do Luxemburgo.