sicnot

Perfil

Mundo

Álcool ativa as células cerebrais que estimulam a fome

© Regis Duvignau / Reuters

Cientistas no Reino Unido descobriram, numa experiência com ratinhos, que o álcool ativa os neurónios (células cerebrais) que, normalmente, estimulam a fome, publica esta terça-feira a revista Nature Communications.

A equipa, que agrega investigadores do Francis Crick Institute, da University College e do King's College, todas instituições em Londres, demonstraram que os componentes fundamentais dos circuitos do cérebro, localizados no hipotálamo, também são ativados pelo álcool.

Além disso, descobriram que a atividade dos neurónios AGRP do hipotálamo é essencial na ingestão de alimentos induzida pelo etanol, um dos componentes do álcool, perante a ausência de fatores sociais que podem levar ao ato de comer em excesso.

No estudo, os cientistas administraram 180 mililitros de álcool a ratinhos, durante três dias, uma experiência que resultou num aumento significativo da ingestão de comida, por comparação com roedores do grupo de controlo.

Os investigadores observaram que os neurónios AGRP que estimulam a fome, e que fazem parte do circuito de alimentação no cérebro dos ratinhos, também eram ativados pelo álcool.

Quando era eliminada a atividade destes neurónios, acabava a ingestão de alimentos em excesso.

Lusa

  • Encontrado corpo da criança que desapareceu na praia de São Torpes
    0:55

    País

    O corpo da criança que tinha desaparecido na praia São Torpes, concelho de Sines, foi encontrado esta manhã fora de água, nas rochas, a 1,5 quilómetros do sítio onde tinha desaparecido, no passado dia 21. O alerta foi dado por um popular à Polícia Marítima, cerca das 8h00.

  • Não há aumentos salariais no Estado para o ano
    1:18

    Economia

    O ministro das Finanças confirma a alteração dos escalões de IRS em 2018. É uma das medidas prioritárias para o próximo ano, a par do descongelamento das carreiras na função pública. Numa entrevista à Antena 1, Mário Centeno admite que não vai haver aumentos salariais no Estado no próximo ano

  • Obrigada a vir dos EUA, de 3 em 3 semanas, para ver o filho
    2:00
  • Marcelo diz que Europa não deve contar com benevolência dos aliados 
    1:19

    País

    O Presidente da República concorda com Angela Merkel, que este domingo defendeu que a Europa já não pode confiar a 100% nos países aliados. Numa conferência sobre o futuro da Europa, Marcelo Rebelo de Sousa defendeu que a União Europeia tem de assumir responsabilidades e protagonismo e não pode contar com a iniciativa e a benevolência dos aliados.

  • Merkel sugere que a Europa já não pode contar com aliados como os EUA
    1:45

    Mundo

    Depois das cimeiras do G7 e da NATO,e sem nunca mencionar Donald Trump, a chanceler alemã diz que é tempo de cada país tomar conta do próprio destino. As declarações de Angela Merkel foram feitas em Munique numa ação de campanha da CDU e evidenciam incómodo em relação às posições manifestadas pelos EUA.