sicnot

Perfil

Mundo

Mergulhador regista o momento em que é atacado por tubarão

Um homem de 35 anos estava a praticar mergulho na costa norte de Queensland, na Austrália, quando foi surpreendido por um tubarão. Kerry Daniel gravou o exato momento em que o tubarão começou a aproximar-se dele, só conseguindo escapar devido ao arpão - lança usada na pesca subaquática - que tinha numa das mãos.

Daniel Kerry costuma mergulhar na zona com alguma frequência e, desta vez, decidiu captar imagens as espécies marinhas.

No vídeo é possível ver que o homem estava a gravar tranquilamente a vida debaixo de água. Até que é surpreendido por uma das espécies marinhas mais violentas, o tubarão-touro, que veio na sua direção com a boca aberta para atacar.

Kerry só conseguiu ver-se livre do animal com a lança de pesca que tinha na mão, que utilizou para ferir o animal e escapar ileso do ataque. As imagens gravaram o momento em que o animal ficou ferido e a sangrar e depois o mergulhador a voltar à superfície.

Numa entrevista ao Daily Mail, Kerry contou que há seis anos fazia esta viagem e, durante esse tempo, nunca aconteceu algo semelhante. O mergulhou explicou ainda que no momento do ataque estava longe do grupo, com que costuma fazer este passeio, pois afastou-se para pescar noutro local.

As autoridades locais não sabem o que aconteceu ao tubarão. Sabe-se apenas que ficou gravemente ferido com o arpão.

  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57
  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • Maioria das praias do Algarve já não tem nadador-salvador
    2:19

    País

    A lei não obrigada os concessionários a garantir o serviço e, por isso, a esmagadora maioria das praias do Algarve está sem vigilância desde 30 de setembro. Ainda assim, os areais vão atraindo milhares de banhistas com as temperaturas altas que ainda se fazem sentir. Um nadador-salvador recomenda os banhistas a não nadar e, em dias de ondulação, evitar caminhadas à beira-mar.

  • Parlamento catalão vai responder à ativação do artigo 155
    1:54
  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31