sicnot

Perfil

Mundo

Um líder que desafiou a História

Barack Obama termina a 20 de janeiro o segundo mandato presidencial na liderança de uma das maiores potências mundiais. Uma liderança marcada pela irreverência de desafiar a História e pelos feitos que deverão deixá-lo no 'lado bom' dessa mesma História. Neste artigo, traçamos o perfil e recordamos o caminho pessoal e profissional percorrido pelo primeiro afro-americano a entrar na Sala Oval como Presidente dos Estados Unidos, um dos presidentes mais carismáticos que o mundo alguma vez conheceu.

Barack Hussein Obama nasceu a 4 de agosto de 1961 em Honolulu, no Estado norte-americano do Havai.

(Facebook)

(Facebook)

Formou-se em Ciência Política na Universidade de Columbia e em Direito na conceituada Universidade de Harvard.

(Facebook)

(Facebook)

O salto para a vida política deu-se entre 1994 e 2004, período no qual representou, durante três mandatos, o 13º distrito no Senado do Estado do Illinois.

Seth Perlman

A atenção dos media nacionais norte-americanos surgiu em 2004, quando, depois de ter vencido as primárias democratas para o Senado no Illinois, fez o discurso principal da Convenção Nacional do partido. Em novembro do mesmo ano, é eleito Senador com quase 70% dos votos.

FRANK POLICH

O caminho até à Casa Branca começa a ser verdadeiramente percorrido em 2007, quando arranca a campanha presidencial. Vence Hillary Clinton nas primárias e derrota o republicano John McCain na eleição geral, em novembro de 2008. É eleito o 44º Presidente norte-americano, o primeiro afro-americano.

Em dezembro de 2009, chega uma distinção maior: o Prémio Nobel da Paz.

© Kevin Lamarque / Reuters

O primeiro mandato de Barack Obama ficou marcado pela resposta à crise financeira e pela criação do Obamacare. No plano externo, ordenou o fim do envolvimento das tropas norte-americanas do Iraque mas reforçou a presença militar no Afeganistão.

© Jason Reed / Reuters

É reeleito para um segundo mandato em novembro de 2012, derrotando o republicano Mitt Romney.

Um segundo mandato mais intenso, marcado pelos sucessivos ataques com recurso a armas de fogo no país. Um tipo de violência cada vez mais recorrente que foi também um símbolo da impotência presidencial de Obama, que lutou, até às lágrimas, pelo fim do facilitismo em torno do acesso a armas de fogo.

O apoio direto e afetuoso da família foi um dos pilares da Presidência de Barack Obama.

M. SPENCER GREEN

Um Presidente carismático que manteve regulares os seus índices de popularidades ao longo dos oito anos na Casa Branca.

Um Presidente 'na desportiva', que nunca deixou de dizer ou fazer o que sempre considerou ser melhor para o país que liderou.

No plano internacional acabou por não conseguir esfriar as relações com a Rússia...

... mas cumpriu uma visita histórica a Cuba, onde iniciou o processo de normalização das relações entre os dois países.

Deixa o 'palco' sem aparente fé de que o sucessor possa manter o rumo que Obama traçou desde 2008.

© Kevin Lamarque / Reuters

Um adeus, ou um até já, a um dos Presidentes mais carismáticos que os Estados Unidos e o mundo já conheceram. "Sim, nós podemos" agradecer ao Presidente e, acima de tudo, ao ser humano Barack Obama.

© Carlos Barria / Reuters

  • Curiosidades sobre Obama

    Mundo

    O jornal britânico Daily Telegraph divulgou, no início do primeiro mandato, uma lista de curiosidades sobre o Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Neste artigo, destacamos alguns factos sobre Obama que provavelmente desconhecia.

  • 81 deslocados em Mação devido ao fogo
    2:46
  • Alcongosta ficou sem água, luz e telecomunicações
    2:28

    País

    O incêndio na Serra da Gardunha está dominado, mas as aldeias que estiveram rodeadas pelo fogo ainda não regressaram à normalidade. Falta água, luz e telecomunicações no sopé de uma mancha enorme de terra queimada. O fogo destruiu ainda uma floresta na Serra da Gardunha e um antigo colégio.

  • Detida no Brasil portuguesa acusada de várias burlas nos últimos 20 anos
    3:04
  • GNR resgata 45 sírios no mar Egeu
    2:28

    Crise Migratória na Europa

    A Guarda Nacional Republicana já resgatou quase 300 migrantes no mar Egeu, ao largo da Grécia, desde o início de maio. Esta quarta-feira de madrugada, os militares salvaram 45 sírios que tentavam chegar à Grécia numa embarcação de borracha.