sicnot

Perfil

Mundo

Casa Branca diz que críticas de Trump aos serviços de informações são profundamente erradas

Pablo Martinez Monsivais

As críticas de Donald Trump dirigidas aos serviços de informações norte-americanos são "profundamente erradas", afirmou esta quarta-feira o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest.

O Presidente eleito, que será o chefe destes serviços após a sua tomada de posse em 20 de janeiro, questionou por diversas vezes a qualidade do seu trabalho e da sua lealdade no decurso da conferência de imprensa que hoje promoveu em Nova Iorque.

Pelo contrário, Josh Earnest elogiou os membros destas organizações, caso da CIA, definindo-os como patriotas que durante décadas serviram os Estados Unidos como militares ou atuando na sombra.

Trump disse hoje na conferência de imprensa que acredita que a Rússia esteve por trás das fugas de informação do Comité Nacional Democrata, mas também criticou asperamente os serviços secretos norte-americanos.

"Acho que foi a Rússia, mas também somos 'hacked' por outros países e outras pessoas. O Comité Nacional Democrata estava completamente aberto a ser 'hacked'. Fizeram um muito mau trabalho", disse.

A conferência de imprensa, que aconteceu na Torre Trump na Quinta Avenida, foi a primeira do Presidente eleito desde julho, quando ainda era o candidato presidencial dos republicanos.

"Se Putin gosta de Donald Trump, adivinhem, isso chama-se uma vantagem e não um defeito", explicou, questionado porque é que não tinha sido alvo dos mesmos ataques.

A CNN, o Washington Post e o New York Times, entre outros, publicaram na terça-feira notícias citando um relatório dos serviços de informações dos EUA segundo o qual a Rússia tem informação comprometedora suficiente para "chantagear" Donald Trump.

Trump chamou as notícias de "uma desgraça" e criticou os órgãos de informação CNN e Buzzfeed por publicarem o relatório integralmente.

Ainda sobre a Rússia, disse que Putin não "devia estar a fazê-lo [espionagem eletrónica a organizações americanas] e não o vai fazer."

"A Rússia vai ter muito mais respeito pelo nosso país quando o estiver a liderar do que quando outras pessoas o lideraram", disse.

Lusa

  • As alterações na carta de condução que ajudam a poupar
    6:16
  • Obama diz que não fica em silêncio se os valores do país forem ameaçados
    2:26
  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".

  • Nevão provocou corte de energia no centro dos EUA
    1:37

    Mundo

    Uma tempestade de neve no centro dos Estados Unidos da América provocou cortes no abastecimento de eletricidade, atrasos em voos e dificuldades na circulação rodoviária. Em Espanha, a descida das temperaturas levou à emissão de avisos em 30 províncias de norte a sul do país e deixou 27.700 alunos sem aulas em Valência.

  • Cadela sobrevive após engolir faca de cozinha

    Mundo

    Na Escócia, uma história de sobrevivência, no mínimo, bicuda. Uma cadela engoliu uma faca de cozinha com mais de 20 centímetros, manteve-a dentro de si durante algumas semanas mas sobreviveu, depois de ser operada de urgência..