sicnot

Perfil

Mundo

Donald Trump entrega gestão de negócios aos dois filhos mais velhos

© Mike Segar / Reuters

O Presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, disse esta quarta-feira que cedeu o controlo dos seus negócios aos seus dois filhos adultos e a um colaborador, mas não vai vender os seus ativos na empresa.

Donald Trump assegurou também, em conferência de imprensa, que os seus filhos não vão discutir consigo as decisões empresariais que tomarem.

A sua advogada, Sheri Dillon, explicou que a empresa de Donald Trump não vai fazer novos negócios no estrangeiro durante a sua presidência e que as operações domésticas vão ser alvo de uma escrupulosa supervisão para evitar conflitos de interesse.

Donald Trump prevê também doar todo o lucro que os seus hotéis obtenham de governos estrangeiros ao Tesouro norte-americano.

A advogada assegurou que assim que tomar posse como Presidente dos Estados Unidos, a 20 de janeiro, o empresário vai afastar-se do seu negócio e só "saberá de um acordo se o vir nos jornais ou na televisão".

Lusa

  • Rússia nega ter informação que possa comprometer Trump
    2:59

    Mundo

    A Rússia nega ter informação pessoal secreta com a qual possa chantagear o Presidente eleito dos Estados Unidos. Alguns órgãos de comunicação social norte-americanos garantem que os Serviços Secretos dos Estados Unidos já avisaram não só Trump, mas também Barack Obama. O relatório foi entretanto tornado público mas ninguém até agora confirmou se é verdadeiro.

  • "Acho que foi a Rússia"
    3:45

    Mundo

    Donald Trump deu esta quarta-feira a primeira conferência de imprensa após a eleição como Presidente dos Estados Unidos. A Rússia foi o tema que dominou as perguntas e respostas. Trump disse que acredita que a Rússia esteve por trás das fugas de informação do Comité Nacional Democrata.

  • "Não vos respondo a uma pergunta. Vocês dão notícias falsas"
    0:36

    Mundo

    Na conferência de imprensa desta quarta-feira, Donald Trump lançou fortes críticas aos jornalistas, acusando-os de serem responsáveis por divulgarem boatos. O Presidente eleito dos Estados Unidos chegou mesmo a recusar-se a responder a alguns órgãos da comunicação social. A reação vem na sequência da notícia publicada pela CNN, que dava conta que os russos tinham informação pessoal e financeira comprometedora sobre Trump.

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.