sicnot

Perfil

Mundo

Grupo jihadista Daesh colocou explosivos em sítios arqueológicos de Palmira

© Sana Sana / Reuters

A organização jihadista do Daesh colocou engenhos explosivos em diversos locais arqueológicos da cidade síria de Palmira, património mundial da Unesco e um dos mais importantes centros culturais do mundo antigo, informou esta quarta-feira uma ONG.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH) referiu que a organização extremista, que controla esta povoação do deserto central sírio desde 11 de dezembro, colocou artefactos explosivos em diversos locais arqueológicos da povoação e arredores, como possível prelúdio a uma retirada perante o avanço do exército sírio.

Fonte militar síria destacada nessa área e contactada pela agência noticiosa Efe indicou por sua vez não possuir informações sobre a colocação de explosivos nas ruínas. Indicou ainda que o exército destruiu na terça-feira a oeste de Palmira sete veículos do Daesh que transportavam armas automáticas, e ainda um carro armadilhado.

O Daesh voltou a apoderar-se de Palmira após um ataque desencadeado a 08 de dezembro no leste da província central síria de Homs, junto à fronteira com o Iraque e onde se situa esta cidade.

O grupo jihadista já tinha assumido o controlo da povoação entre maio de 2015 e março de 2016.

Na ocasião, foram expulsos de Palmira pelo exército nacional, com o apoio da aviação russa.

Na sua primeira ocupação de Palmira, o Daesh converteu a zona de ruínas greco-romanas num campo de minas, eliminadas mais tarde por sapadores russos após a recuperação da cidade pelas forças de Damasco.

No entanto, os jihadistas dinamitaram os templos de Bel e de Bal Shamin, o Arco do Triunfo, e destruíram diversas estátuas do museu da cidade.

A arte e a arquitetura de Palmira testemunham uma encruzilhada de diversas civilizações, onde confluem as técnicas greco-romanas com as tradições locais e influências persas.

Nos séculos I e II da nossa era foi um importante centro cultural e ponto de encontro das caravanas da Rota da Seda, que atravessavam o árido deserto do centro da Síria.

Lusa

  • As alterações na carta de condução que ajudam a poupar
    6:16
  • Obama diz que não fica em silêncio se os valores do país forem ameaçados
    2:26
  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".

  • Nevão provocou corte de energia no centro dos EUA
    1:37

    Mundo

    Uma tempestade de neve no centro dos Estados Unidos da América provocou cortes no abastecimento de eletricidade, atrasos em voos e dificuldades na circulação rodoviária. Em Espanha, a descida das temperaturas levou à emissão de avisos em 30 províncias de norte a sul do país e deixou 27.700 alunos sem aulas em Valência.

  • Cadela sobrevive após engolir faca de cozinha

    Mundo

    Na Escócia, uma história de sobrevivência, no mínimo, bicuda. Uma cadela engoliu uma faca de cozinha com mais de 20 centímetros, manteve-a dentro de si durante algumas semanas mas sobreviveu, depois de ser operada de urgência..