sicnot

Perfil

Mundo

Grupo jihadista Daesh colocou explosivos em sítios arqueológicos de Palmira

© Sana Sana / Reuters

A organização jihadista do Daesh colocou engenhos explosivos em diversos locais arqueológicos da cidade síria de Palmira, património mundial da Unesco e um dos mais importantes centros culturais do mundo antigo, informou esta quarta-feira uma ONG.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH) referiu que a organização extremista, que controla esta povoação do deserto central sírio desde 11 de dezembro, colocou artefactos explosivos em diversos locais arqueológicos da povoação e arredores, como possível prelúdio a uma retirada perante o avanço do exército sírio.

Fonte militar síria destacada nessa área e contactada pela agência noticiosa Efe indicou por sua vez não possuir informações sobre a colocação de explosivos nas ruínas. Indicou ainda que o exército destruiu na terça-feira a oeste de Palmira sete veículos do Daesh que transportavam armas automáticas, e ainda um carro armadilhado.

O Daesh voltou a apoderar-se de Palmira após um ataque desencadeado a 08 de dezembro no leste da província central síria de Homs, junto à fronteira com o Iraque e onde se situa esta cidade.

O grupo jihadista já tinha assumido o controlo da povoação entre maio de 2015 e março de 2016.

Na ocasião, foram expulsos de Palmira pelo exército nacional, com o apoio da aviação russa.

Na sua primeira ocupação de Palmira, o Daesh converteu a zona de ruínas greco-romanas num campo de minas, eliminadas mais tarde por sapadores russos após a recuperação da cidade pelas forças de Damasco.

No entanto, os jihadistas dinamitaram os templos de Bel e de Bal Shamin, o Arco do Triunfo, e destruíram diversas estátuas do museu da cidade.

A arte e a arquitetura de Palmira testemunham uma encruzilhada de diversas civilizações, onde confluem as técnicas greco-romanas com as tradições locais e influências persas.

Nos séculos I e II da nossa era foi um importante centro cultural e ponto de encontro das caravanas da Rota da Seda, que atravessavam o árido deserto do centro da Síria.

Lusa

  • Os melhores do mundo pela FIFA da última década

    Desporto

    O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi têm repartido de forma igual os prémios de melhor jogador do mundo pela FIFA, na última década. Apesar destes dois nomes serem os mais falados, muitos outros jogadores foram nomeados para o prémio. Conheça a lista dos nomeados e dos vencedores desde 2007.

  • "Avançámos em primeiro lugar com incentivos às empresas"
    18:07

    Economia

    O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, esteve na Edição da Noite da SIC Notícias para falar do que pode ser feito depois da tragédia dos incêndios que assolou o país na última semana. O governante diz que já avançou com incentivos às empresas afetadas e que neste momento o mais importante é preservar a segurança das pessoas.

    Entrevista SIC Notícias

  • Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado debates com as bases do PSD
    0:40

    País

    Pedro Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado a realização de debates com as bases do partido. Fernando Negrão, responsável pela candidatura de Santana Lopes à presidência do PSD, já tinha advertido em comunicado que a posição de Rui Rio poderia também inviabilizar quaisquer outros frente a frente, incluindo os organizados pela comunicação social. Santana Lopes está na Guarda, no primeiro jantar com apoiantes desde que anunciou a candidatura.

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta na terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • Gémeas correm risco de vida se não saírem de Gaza

    Mundo

    Duas irmãs gémeas siamesas correm risco de vida enquanto permanecerem em Gaza. Quem diz é o médico Alam Abu Hamba, do Hospital de Shifra, que garante que "situação complicada" das meninas não pode ser tratada por médicos no território costeiro, atulamente bloqueado pelo Egito e por Israel. Abu Hamba espera que o casal de gémeas possa ser transferido para fora da separação.

  • Encontrado corpo de menina posta de castigo na rua pelo pai

    Mundo

    Sherin Mathews estava desaparecida desde o dia 7 de outubro. Este domingo a polícia do estado norte-americano do Texas encontrou o corpo de uma criança que acreditam ser a menina de três anos, desaparecida depois de o pai a colocar de castigo na rua, durante a madrugada.

    SIC