sicnot

Perfil

Mundo

Imprensa Estrangeira de Hollywood felicita Meryl Streep por discurso sobre Trump

HFPA / HANDOUT

A Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood felicitou a atriz Meryl Streep pelo seu discurso crítico em relação ao Presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, garantindo estar ao seu lado na "defesa da liberdade de expressão".

"Como organização de jornalistas, a Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood apoia a sua defesa da liberdade de expressão e rejeita qualquer ação de censura. Agradecemos o seu inquebrável apoio às artes", lê-se numa mensagem de correio eletrónico enviada pela associação a Meryl Streep, divulgada esta quarta-feira por meios de comunicação social norte-americanos.

O email está assinado por Lorenzo Soria, presidente da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood, composta por 90 jornalistas de várias partes do mundo.

A associação aproveita ainda esta mensagem para felicitar Meryl Streep por ter recebido, no domingo, na Gala dos Globos de Ouro, o prémio honorário de carreira Cecil B. DeMille.

"Defendemos orgulhosamente a nossa escolha e aplaudimos os seus 40 anos de trabalho cativante. É uma mulher com verdadeira classe, dentro e fora das suas personagens", lê-se ainda na mensagem.

No domingo, na cerimónia de entrega dos prémios de cinema e televisão Globos de Ouro, em Los Angeles, Meryl Streep, criticou Donald Trump, sem sequer mencionar o seu nome, pela retórica de desunião.

"Vocês e todos nós nesta sala pertencemos verdadeiramente aos segmentos mais vilipendiados da sociedade norte-americana neste momento. Pensem nisso. Hollywood, estrangeiros e a imprensa", disse, em tom de piada, no momento em que recebeu o prémio.

"Mas quem somos nós? E o que é Hollywood, de qualquer forma? Um monte de pessoas de outros sítios. Hollywood está cheia de forasteiros e estrangeiros. Se corrêssemos com todos, não havia nada para ver, a não ser futebol e artes marciais, que não são bem artes", afirmou.

O discurso de Streep aconteceu a menos de duas semanas da tomada de posse de Donald Trump, que realizou uma campanha contra mexicanos e muçulmanos.

Lusa

  • Fogo reaproxima-se do Parque Empresarial de Proença-a-Nova

    País

    Um reacendimento próximo do Parque Empresarial de Proença-a-Nova (PEPA) é esta quarta-feira à tarde a situação mais complicada do fogo que lavra no concelho e no local já estão concentrados meios de combate, disse à Lusa o presidente da Câmara.

  • Sócrates diz que Direita quis impedi-lo de candidatura presidencial

    País

    O ex-primeiro-ministro José Sócrates reiterou esta quarta-feira, em declarações aos correspondentes estrangeiros em Portugal, que o processo judicial em que está envolvido resulta de uma campanha orquestrada pela direita para evitar a sua candidatura a Presidente da República.

  • Marcelo lembra ditadura para deixar elogios à liberdade de imprensa e separação de poderes
    0:29
  • Dia dos Avós nasceu em Penafiel
    1:48

    País

    O Dia dos Avós, que hoje se assinala, nasceu por iniciativa de uma habitante de Penafiel. A data foi celebrada no parque da cidade, com centenas de avós.

  • Trump proíbe transgéneros no exército norte-americano

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou esta quarta-feira que as pessoas transgénero não podem servir no exército dos Estados Unidos, justificando a decisão com os "custos médicos enormes" e as perturbações que tal situação envolve.

  • Oposição tenta travar eleição da nova Assembleia Constituinte na Venezuela
    2:14