sicnot

Perfil

Mundo

Governo alemão "perplexo" por Trump se dizer vítima de denúncia ao estilo nazi

O ministro dos Negócios Estrangeiros alemão, Frank-Walter Steinmeier, declarou-se esta quinta-feira "perplexo" com as declarações do Presidente norte-americano eleito, Donald Trump, considerando-se vítima de métodos de denúncia dignos da Alemanha nazi.

Trump atacou na quarta-feira, em conferência de imprensa, os serviços de informações e a comunicação social por veicularem "informações falsas" sobre hipotéticas ligações secretas com Moscovo.

"É escandaloso, escandaloso, que as agências de informações tenham permitido [a divulgação de] informação que se revelou errada e falsa", declarou, acrescentando: "É o tipo de coisa que a Alemanha nazi fazia".

Inquirido sobre o assunto, à margem de um encontro com o seu homólogo egípcio, Sameh Choukri, o chefe da diplomacia alemã respondeu dizendo "estar tão perplexo [como os jornalistas]" e não estar em condições "de interpretar tais declarações".

Steinmeier lamentou igualmente não saber ainda quais são as grandes linhas da futura política externa dos Estados Unidos, observando ter "apenas ouvido chavões como ordem mundial, ordem económica, livre comércio, sírios e Médio Oriente".

"Cada Presidente deve encontrar o seu próprio estilo e é isso que vai fazer também o Presidente Trump. Não penso que, a longo prazo, ele fique satisfeito apenas enviando mensagens no Twitter -- eu seria totalmente incapaz de exprimir conceitos de política externa em 140 caracteres", comentou, numa referência à utilização feita por Trump da rede social, onde é seguido por 19,6 milhões de pessoas.

Frank-Walter Steinmeier tornou-se nos últimos meses um dos mais ferozes críticos de Donald Trump, que classificou antes da sua eleição como "pregador do ódio" e a sua vitória como uma perspetiva "assustadora" para o mundo.

O MNE alemão, de 60 anos, foi nomeado para ser, a partir de fevereiro, o próximo Presidente da República Federal da Alemanha, um cargo honorífico mas que garante uma grande liberdade de opinião.

Lusa

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Casas de Luís Filipe Vieira e Pedro Guerra foram alvo de buscas
    2:39

    Desporto

    O caso dos emails levou esta quinta-feira a Polícia Judiciária a fazer buscas no Estádio da Luz e nas casas de Luís Filipe Vieira, o comentador Pedro Guerra e Paulo Gonçalves, o assessor jurídico do clube das águias. O advogado foi constituído arguido, mas só porque um advogado para ser alvo de buscas precisa de ser arguido.

  • Buscas no Benfica? "A Justiça está a funcionar"
    0:18

    Desporto

    Bruno de Carvalho reagiu esta quinta-feira às buscas efetuadas no Benfica. À saída de uma audiência no Ministério da Educação, o presidente do Sporting abordou o tema para dizer que é sinal de que a justiça está a funcionar.

  • Este foi provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • Quem está ao lado de Trump? Melania ou uma sósia?

    Mundo

    A especulação surgiu no Twitter: estaria Trump acompanhado de uma sósia de Melania para ocultar a ausência da mulher num evento oficial? A teoria da conspiração ganhou depois força nas redes sociais. Julgue por si mesmo.

    SIC

  • Norte-americano entrega-se após perder aposta com a polícia no Facebook

    Mundo

    Um jovem de 21 anos procurado pela polícia norte-americana entregou-se, esta segunda-feira, depois de perder uma aposta com a polícia, no Facebook. Michael Zaydel prometeu entregar-se se uma publicação sobre o seu desaparecimento chegasse às mil partilhas, na rede social. O jovem norte-americano prometeu ainda levar uma dúzia de donuts, caso os agentes da cidade de Redford conseguissem ganhar a aposta.

    SIC