sicnot

Perfil

Mundo

Irão vai importar 130 toneladas de urânio no âmbito do acordo nuclear

© Raheb Homavandi / Reuters

O Irão vai importar 130 toneladas de urânio, após luz verde dos países do grupo 5+1, que concluíram em 2015 um acordo sobre o programa nuclear iraniano, anunciou hoje um porta-voz da organização iraniana da energia atómica.

Os membros da comissão conjunta sobre o acordo nuclear, que compreende o Irão e os países do grupo 5+1 (Estados Unidos, França, Reino Unido, China, Rússia e Alemanha) "aceitaram o pedido iraniano para adquirir 130 toneladas de urânio" natural, declarou Behrouz Kamalvandi à televisão estatal, sem precisar qual era o país fornecedor.

O responsável acrescentou que, depois de o acordo nuclear ter entrado em vigor em janeiro de 2016, o Irão já "importou 220 toneladas de urânio", perfazendo um total de 350 toneladas, que "constitui uma boa reserva" para o programa nuclear do país.

O Irão vai precisar de mais reservas de urânio para fazer passar o seu programa nuclear para um nível "industrial", precisou o porta-voz, acrescentando que Teerão está atualmente a realizar trabalhos de exploração para descobrir novas minas de urânio, mas também pretende importar do exterior.

O Irão e as grandes potências reuniram-se na terça-feira em Viena para fazer um ponto de situação sobre o acordo nuclear concluído em julho de 2015, num contexto de incertezas relacionadas com a entrada em funções do Presidente eleito norte-americano, Donald Trump, que criticou duramente o texto.

Com este acordo, Teerão aceitou limitar o seu programa nuclear, durante um período de cerca de 10 anos, como contrapartida do levantamento de algumas sanções internacionais.

Lussa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.