sicnot

Perfil

Mundo

Trump cometerá "pura loucura" se apostar na fragmentação da UE

© Mike Segar / Reuters

O embaixador norte-americano cessante junto da União Europeia (UE), Anthony Gardner, considerou esta sexta-feira que a futura administração de Donald Trump cometerá uma "pura loucura" caso aposte, como parece pretender fazê-lo, numa fragmentação da UE.

"Seria uma pura loucura pensar que ao apoiar uma fragmentação da Europa estaremos a defender os nossos interesses", declarou Anthony Gardner durante um encontro com os jornalistas, a uma semana da sua partida de Bruxelas.

O diplomata disse ter sido informado de diversos telefonemas efetuados por membros da equipa de transição de Donald Trump para instituições europeias, pretendendo saber se a saída do Reino Unido da UE implicaria mais abandonos.

"Foi uma das questões que se colocou, qual seria o próximo país a partir, e que é uma forma de sugerir que o edifício está prestes a desabar", referiu o número um da embaixada dos Estados Unidos junto da UE nos últimos três anos.

"É uma perceção que Nigel Farage (antigo líder do partido nacionalista britânico UKIP) está aparentemente em vias de transmitir a Washington. Trata-se de uma caricatura", acrescentou, numa referência ao eurodeputado britânico que liderou a campanha pelo Brexit, e que foi recebido por Donald Trump pouco após a sua vitória eleitoral de novembro.

Anthony Gardner, antigo responsável do Banco da América e da General Electric em Londres, designado embaixador por Barack Obama, recordou que os EUA apoiam desde há 50 anos a integração da UE, porque beneficia os dois blocos em diversos aspetos (político, económico, securitário).

A administração Trump vai efetuar "uma abordagem errada" caso mantenha unicamente as suas relações com os grandes países definidos como os melhores amigos, caso do Reino Unido ou Alemanha, partindo do "falso" princípio que a UE não é eficaz, assinalou ainda o diplomata norte-americano.

Lusa

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.