sicnot

Perfil

Mundo

Posse de Trump descrita como episódio de "The Twilight Zone" em TV escocesa

Evan Vucci

Um jornal escocês publicou no domingo o seu Guia TV para esta semana, no qual listou a tomada de posse de Donald Trump no dia 20 de janeiro, descrevendo-a como um episódio da clássica série de ficção-científica "The Twilight Zone". O texto utilizado para descrever a cerimónia tornou-se viral na internet.

"Depois de uma longa pausa, The Twilight Zone está de volta com uma das produções mais ambiciosa, cara e controversa na história da televisão. Os escritores de ficção científica têm se interessado muitas vezes por versões alternativas da história - entre as mais comuns a 'E se os nazis tivessem ganho a 2.ª Guerra Mundial'. Contudo, este projeto de realidade virtual interativa - desenvolvido na televisão, na imprensa e no Twitter nos próximos quatro anos - propõe construir um presente alternativo.

A história começa com uma versão de pesadelo alternativo, onde grandes setores do eleitorado dos EUA foram enganados para votar em Donald Trump. Parece exagerado, e é, mas à medida que se vai desenrolando, torna-se cada vez mais plausível. A longa-metragem concentra-se na tomada de posse do Presidente Trump e mostra os movimentos de protesto e desespero em torno da cerimónia, enquanto os especialistas especulam por o que está aí a vir. É uma peça defeituosa, mas um vislumbre perturbador dos horrores com que nos poderíamos um dia deparar, se não tivermos cuidado."

O texto satírico suscitou diferentes reações, com críticos a dizer que era uma espécie de notícia falsa e propaganda, e entusiastas a aceitar muito bem o texto.

O cantor Billy Bragg comentou que o texto era uma previsão daquilo que estava para vir. O ator de Star Trek George Takei publicou no Twitter: "A secção de TV do The Sunday Herald ganha hoje". O criador de séries de animação Seth MacFarlane também deixou a sua satisfação no Twitter.

Já o utilizador do Twitter Scott Wryn demonstrou a sua preocupação que Donald Trump possa vir a invadir a Escócia como resposta.

A tomada de posse de Donald Trump acontece esta sexta-feira, dia 20 de janeiro.

  • Troika nem sempre protegeu os mais vulneráveis, conclui avaliação do FMI

    Economia

    O organismo de avaliação independente do FMI concluiu que as medidas aplicadas pela troika em Portugal nem sempre protegeram as pessoas com menos rendimentos, apontando que a primeira preocupação do Fundo era a redução dos défices, apurou o gabinete independente de avaliação do Fundo Monetário Internacional (FMI),

  • "A maioria das pessoas que criticou André Ventura nunca viveu esses problemas"
    3:43

    Opinião

    A polémica em torno das declarações do candidato do PSD à Câmara de Loures, André Ventura, sobre o modo de vida da etnia cigana no concelho, esteve em análise no Jornal da Noite desta segunda-feira. Miguel Sousa Tavares defende que "os problemas existem mas não podem ser generalizados". O comentador SIC considera, ainda assim, que André Ventura tem razão quando diz que "a maioria das pessoas que o criticou nunca viveu esses problemas".

    Miguel Sousa Tavares