sicnot

Perfil

Mundo

Reino Unido convoca eleições na Irlanda do Norte

O Governo do Reino Unido dissolveu esta segunda-feira a assembleia da Irlanda do Norte e convocou eleições para 2 de março, depois da queda do governo regional, partilhado entre protestantes e católicos.

O ministro britânico para a Irlanda do Norte, James Brokenshire, anunciou a decisão, comunicando que o maioritário Partido Democrático Unionista (protestante) e o nacionalista Sinn Féin (católico) não conseguiram resolver a crise causada pela demissão do vice-primeiro-ministro Martin McGuinness.

O número dois do Sinn Féin abandonou o cargo na semana passada, em protesto contra a gestão de um escândalo financeiro detetado na política de energias renováveis do executivo regional, presidido pela líder do Partido Democrático Unionista, Arlene Foster.

O Sinn Féin exigiu a demissão da primeira-ministra da Irlanda do Norte, acusando-a de má gestão de dinheiros públicos relacionados com subsídios de programas de energias renováveis, mas Arlene Foster rejeitou uma investigação sobre a matéria.James Brokenshire disse esperar que os dois partidos se consigam entender após as eleições de 2 de março, apenas dez meses depois da última votação.

Lusa

  • Dez feridos ligeiros em naufrágio de embarcação em Cascais

    País

    Uma embarcação de recreio com 10 pessoas a bordo naufragou ao largo da Parede, na linha de Cascais. Todos os tripulantes foram resgatados pelas autoridades marítimas e bombeiros e apresentam escoriações ligeiras e sinais de hipotermia. O barco foi entretanto retirado da água e a marginal continua cortada ao trânsito.

  • PS apresenta Lei de Bases da Habitação para abrir debate sobre habitação acessível
    1:19

    Economia

    O PS quer avançar com uma Lei de Bases da Habitação. A proposta apresentada esta quinta-feira propõe a requisição de casas devolutas para habitação e apoios concretos para o arrendamento a preços acessíveis. O líder parlamentar do PS, Carlos César, diz que é tempo de abrir um debate sobre a habitação que acredita que pode resultar numa Lei ainda na atual legislatura.

  • A morte anunciada da ETA

    Mundo

    A organização separatista basca ETA vai anunciar a sua dissolução em 05 de maio, durante uma cerimónia marcada para Bayona, no País Basco francês, disseram à agência Efe fontes conhecedoras do processo.