sicnot

Perfil

Mundo

Candidatos à sucessão de Schulz reduzidos a seis com abandono de Verhofstadt

© Eric Vidal / Reuters

O candidato belga à presidência do Parlamento Europeu (PE) Guy Verhofstadt (Aliança dos Democratas e Liberais pela Europa - ALDE) retirou-se da corrida à sucessão do socialista alemão Martin Schulz, na sessão plenária de Estrasburgo.

O anúncio foi feito pelo próprio Martin Schulz, que preside à reunião magna até ser escolhido pelos 751 deputados dos 28 estados-membros um novo presidente do PE.

Os italianos Antonio Tajani (PPE) e Gianni Pittella (S&D), as principais famílias políticas europeias (democratas-cristãos e socialistas, respetivamente, seguem na "pole-position" da corrida.

Além do substituto de Martin Schulz, que vai concorrer ao parlamento alemão nas próximas eleições e pode vir a desafiar a chanceler Angela Merkel, os eurodeputados vão ainda decidir sobre 14 vice-presidentes, cinco gestores (administração do PE) e os membros das 22 comissões permanentes.

A eleição para presidente começa às 12:00 (horas em Lisboa) e pode ir até às 22:00, caso sejam necessárias uma terceira e quarta votações. Para uma eleição à primeira volta é necessária maioria absoluta dos votos expressos - metade dos votos expressos mais um.

Entre os inscritos estão ainda outra italiana Eleonora Forenza, membro da comissão executiva da Esquerda Unitária Europeia/Esquerda Nórdica Verde (GUE/NGL), a britânica Jean Lambert - Verdes/Aliança Livre Europeia, o romeno Laureniu Rebega (Europa das Nações e da Liberdade) e a belga Helga Stevens (Conservadores e Reformistas Europeus).

Lusa

  • Novo dia de protestos contra expropriações na ilha do Farol
    2:30

    País

    A sociedade Polis Ria Formosa concluiu a tomada de posse das construções identificadas como ilegais na ilha do Farol, na Ria Formosa, em Faro. No segundo dia da operação, sob fortes protestos da população, os técnicos da Polis, escoltados pela Polícia Marítima, expropriaram hoje mais 18 construções.

  • Cunhado do Rei de Espanha em liberdade sem caução

    Mundo

    Inaki Urdangarin vai mesmo aguardar o desenrolar do recurso em liberdade na Suíça, onde o marido da Infanta Cristina tem residência oficial e onde terá de se apresentar às autoridades uma vez por mês, para além de estar obrigado a comunicar qualquer deslocação fora da Europa. De fora fica ainda o pagamento da caução de 200 mil euros pedida pelo Ministério Público espanhol.

  • Zeca Afonso morreu há 30 anos
    1:11
  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • "Isto é uma mentira e tem carimbo de Estado"
    2:12

    Opinião

    O preço das botijas de gás em Portugal duplicou nos últimos 15 anos. José Gomes Ferreira esteve no Jornal da Noite, da SIC, onde explicou este aumento, lembrando que a classe política prometeu que se houvesse mais empresas a operar no mercado, os preços desciam. Contudo, José Gomes Ferreira diz que "isto é uma mentira e tem carimbo de Estado". O Diretor-Adjunto de Informação SIC explicou que como o mercado é livre, os operadores vendem aos preços mais altos que podem, deste modo os preços não variam muito entre uns e outros.

    José Gomes Ferreira