sicnot

Perfil

Mundo

Presidente chinês defende reequilíbrio da globalização

© Ruben Sprich / Reuters

O Presidente chinês declarou hoje, em Davos, que é preciso reequilibrar a globalização para a tornar "mais forte, mais inclusiva e mais duradoura".

Xi Jinping defendeu esta posição numa altura em que Pequim defende o livre comércio perante o isolacionismo pretendido pelo Presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump.

"Não serve de nada culpar a globalização" pelos problemas do planeta, indicou Xi, no discurso de abertura do Fórum Económico Mundial, citando o desemprego, as migrações e a crise financeira de 2008. Xi sublinhou que "qualquer tentativa de travar as trocas de capitais, tecnologias e produtos entre países é impossível e um recuo da história".

"Devemos continuar a apostar no desenvolvimento do comércio libre e dos investimentos (transnacionais) e dizer não ao protecionismo", insistiu, numa advertência a Trump. Xi Jinping é o primeiro chefe de Estado chinês a participar no Fórum Económico Mundial.

  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.

  • Presidente do Brasil formalmente acusado de corrupção

    Mundo

    O Procurador-Geral da República do Brasil apresentou na noite de segunda-feira ao Supremo Tribunal Federal uma denúncia contra o Presidente Michel Temer e o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) pelo crime de corrupção passiva.

  • Reconquista de Mossul ao Daesh pode estar para breve
    1:27
  • Homem fala ao telefone com o filho que pensava estar morto

    Mundo

    Um norte-americano que tinha estado presente no funeral do filho recebeu, 11 dias depois, uma chamada telefónica de um homem que o pôs em contacto... com o filho que havia enterrado semana e meia antes. Tudo por causa de um erro do gabinete de medicina legal.