sicnot

Perfil

Mundo

Rússia convida administração Trump a participar nas conversações sobre a Síria

© Mike Segar / Reuters

O ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Sergey Lavrov, revelou esta terça-feira que Moscovo está a convidar representantes da nova administração norte-americana para estarem presente nas futuras conversações sobre a Síria no Cazaquistão.

Em conferência de imprensa, Lavrov, citado pela Associated Press, disse que a Rússia está entusiasmada com o foco do Presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, no combate ao terrorismo.

Manifestou ainda esperança de que os peritos da Rússia e dos Estados Unidos possam iniciar conversações sobre o combate ao terrorismo na Síria, na capital do Cazaquistão, quando representantes do governo sírio e da oposição se encontrarem na próxima segunda-feira.

"Esperamos que a nova administração possa aceitar a proposta", afirmou o chefe da diplomacia russa, acrescentando que as conversações em Astana vão oferecer "a primeira oportunidade de discutir um combate mais eficaz contra o terrorismo na Síria".

Lavrov disse ainda que Rússia espera que a cooperação no sentido de resolver a crise Síria seja mais produtiva agora do que foi com a administração Obama.

Lusa

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • O Nokia 3310 está de volta
    1:16

    Economia

    A Nokia chegou a ser uma das maiores empresas do mundo devido ao fabrico de telemóveis. Caiu, mas acaba de fazer renascer um dos sucessos de vendas do início do milénio. O anúncio foi feito este domingo, em Barcelona.