sicnot

Perfil

Mundo

Rússia convida administração Trump a participar nas conversações sobre a Síria

© Mike Segar / Reuters

O ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Sergey Lavrov, revelou esta terça-feira que Moscovo está a convidar representantes da nova administração norte-americana para estarem presente nas futuras conversações sobre a Síria no Cazaquistão.

Em conferência de imprensa, Lavrov, citado pela Associated Press, disse que a Rússia está entusiasmada com o foco do Presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, no combate ao terrorismo.

Manifestou ainda esperança de que os peritos da Rússia e dos Estados Unidos possam iniciar conversações sobre o combate ao terrorismo na Síria, na capital do Cazaquistão, quando representantes do governo sírio e da oposição se encontrarem na próxima segunda-feira.

"Esperamos que a nova administração possa aceitar a proposta", afirmou o chefe da diplomacia russa, acrescentando que as conversações em Astana vão oferecer "a primeira oportunidade de discutir um combate mais eficaz contra o terrorismo na Síria".

Lavrov disse ainda que Rússia espera que a cooperação no sentido de resolver a crise Síria seja mais produtiva agora do que foi com a administração Obama.

Lusa

  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.