sicnot

Perfil

Mundo

George H. W. Bush nos cuidados intensivos e mulher também hospitalizada

© Mike Stone / Reuters

O antigo Presidente dos Estados Unidos da América e a sua mulher estão hospitalizados em Houston, no Texas. George H. W. Bush foi admitido no sábado, devido a um problema respiratório derivado de pneumonia, enquanto Barbara Bush entrou esta quarta-feira no hospital, por sintomas de fadiga e tosse.

O 41.º Presidente dos EUA foi levado para os Cuidados Intensivos, depois dos médicos terem realizado um procedimento "de proteção e desobstrução das vias respiratórias". De acordo com o seu porta-voz, o homem de 91 anos foi sedado durante o procedimento. Espera-se que Bush regresse a casa nos próximos dias, bem de saúde.

Numa carta enviada ao Presidente eleito Donald Trump, Bush disse: "os médicos dizem que se eu me sentar na rua em janeiro, é provável que vá para debaixo da terra. A mesma coisa para Barbara. Deste modo, estamos presos no Texas", ele escreveu, adicionando que o casal Bush estará com Trump e o país "em espírito", durante a tomada de posse, no dia 20.

© Jason Reed / Reuters

Bush - Presidente dos EUA entre 1989-93 - passou uma semana no hospital em 2015, depois de cair e partir um osso do pescoço. O antigo Presidente também sofre da doença de Parkinson e usa uma cadeira de rodas.

O casal celebrou 72 anos de casamento no passado dia 6 de janeiro.

  • Passos explica porque se irritou com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.