sicnot

Perfil

Mundo

Morreu a doente que sofria de cancro e que conquistou fãs a sorrir e a dançar

Ana-Alecia Ayala morreu na tarde de quarta-feira num hospital em Dallas rodeada de amigos e familiares. Na sua página de Facebook, os seguidores prestaram tributo "profundamente tocados pela sua alegria pela vida."

Mais de nove milhões de pessoas assistiram ao vídeo mais popular de Ayala no Facebook e Instagram. Foi partilhado em outubro e Ayala dança com uma amiga no hospital.

"Quem diz que o cancro e a quimioterapia têm que te derrubar? Nós vamos rimos por último!", escreveu na sua página de Instagram.

Foi-lhe diagnosticado um raro tumor no útero em dezembro de 2015. Mais tarde espalhou-se para os ovários e revestimento do estômago.

Alaya queria mostrar ao mundo que "dançar e rir" são o melhor remédio.

  • Hospitais vão ser penalizados se não cumprirem tempos de espera
    2:37

    País

    O Ministério da Saúde vai penalizar os hospitais que não cumprem os tempos de espera nas urgências e que tenham taxas elevadas de cesarianas. O novo modelo de financiamento prevê ainda linhas de financiamento próprio para a obesidade e rastreios do cancro do cólon e do colo do útero.

  • Assédio, até onde vai a tolerância?
    35:26