sicnot

Perfil

Mundo

Comeu neve e gelo para aguentar 58 horas de agonia

Uma das sobreviventes da avalancha que soterrou o hotel Rigopiano, no centro de Itália, diz ter comido gelo e neve para matar a sede e a fome, numa luta pela sobrevivência que durou cerca de 58 horas.

"NÃO CONSEGUI PERCEBER O QUE SE PASSAVA"

Giorgia Galassi, de 22 anos, foi uma das nove pessoas a serem retiradas com vida dos escombros.

A estudante estava sentada num sofá na receção do hotel, acompanhada pelo noivo, quando o pior aconteceu. "Tudo se desmoronou e não consegui perceber nada do que se estava a passar", disse, em declarações ao jornal italiano Corriere della Sera.

O APOIO DO NOIVO

Depois da avalanche, Giorgia percebeu que a receção do hotel se tinha transformado numa espécie de cúpula, com quatro cavernas. "Estava um pouco escuro. Não se ouvia qualquer som do exterior e as nossas vozes ecoavam.", recorda.

A jovem revelou que o seu noivo foi o principal pilar durante todas as horas que passaram soterrados. "Ele apoiou-nos a todos. Por vezes até trauteava uma canção para nos tentar manter calmos", conta.

Giorgia e o noivo, Vincenzo Forti

Giorgia e o noivo, Vincenzo Forti

Facebook

SEM COMIDA NEM NOÇÃO DO TEMPO

Giorgia lembra também que as únicas coisas que tinham para comer eram neve e gelo.

"Perdi a noção do tempo e ainda não a recuperei. Mas penso que durou dois dias, talvez um pouco mais". Giorgia esteve presa durante 58 horas.

UM MOMENTO INESQUECÍVEL

Às 11h00 de sexta-feira (10h00 em Lisboa), começou a ouvir-se um som de máquinas e depois vozes, às quais a jovem respondeu "Chamo-me Giorgia e estou viva", palavras que vai sempre recordar como "a coisa mais linda que alguma vez disse"

A avalancha, que pesava cerca de 120 mil toneladas e atingiu o hotel a uma velocidade de 100 km/h, causou pelo menos seis mortos.

  • Buscas no Benfica, P. Ferreira, V. Setúbal e Desportivo das Aves

    Desporto

    A Polícia Judiciária do Porto está a fazer buscas à SAD do Benfica, no Estádio da Luz, e ainda ao Paços de Ferreira, Desportivo das Aves e Vitória de Setúbal. Em causa estão alegados crimes de corrupção desportiva e fraude fiscal. O clube da Luz já reagiu em comunicado.

    Em atualização

  • Sousa Cintra e Comissão de Gestão analisam futuro do Sporting
    2:37

    Crise no Sporting

    Sousa Cintra reuniu-se hoje com a Comissão de Gestão para analisar o que fazer no Sporting, depois da tomada de posição de Bruno de Carvalho. O presidente que foi destituído do cargo na Assembleia Geral de sábado, depois de dizer que se ia afastar, deixou depois a garantia de que vai impugnar a reunião magna do clube e vai a eleições.

  • Lei que permite a entrada de animais em espaços de restauração gera dúvidas
    2:23

    País

    A lei que permite a entrada de animais de companhia em estabelecimentos de restauração, que entrou hoje em vigor, está a gerar dúvidas para os proprietários. Até ao momento são poucos os estabelecimentos que aderiram e a previsão é para que assim continue. A DECO questionou 1800 pessoas sobre a presença dos animais nos restaurantes e apenas 25% votou a favor.

  • "Isto é a demagogia à solta"
    0:45

    Opinião

    Quem o diz é Luís Marques Mendes a propósito da aprovação esta semana da lei do CDS-PP que elimina o adicional do imposto sobre os combustíveis. O comentador da SIC critica a oposição por ter levado a votação uma lei inconstitucional e acusa ainda os parceiros de Governo de deslealdade. 

    Luís Marques Mendes

  • Gato reencontra dono 10 anos depois de ter desaparecido

    Mundo

    A Blue Cross recolheu no mês passado um gato que tinha sido dado como desaparecido em 2008, num altura em que o dono Mark Salisbury residia em Ipswich, Suffolk, no Reino Unido. Graças ao microchip de Harry, a associação britânica que se dedica à proteção animal, conseguiu localizar Salisbury, que agora vive em Gloucestershire.