sicnot

Perfil

Mundo

Europol deteve 245 pessoas e apreendeu 556 pistolas de gás

Diretor da Europol, Rob Wainwright. (Reuters/Arquivo)

© Jerry Lampen / Reuters

A Europol e polícias de vários países detiveram 245 pessoas e apreenderam 556 pistolas de gás na operação Bósforo, destinada a combater o tráfico de armas e explosivos.

A 'Operação Bósforo', que decorreu durante vários meses em 10 Estados-membros da União Europeia, visou a apreensão de pistolas de gás/alarme de fabrico turco traficadas para Europa através da Bulgária, explica a Europol em comunicado hoje divulgado.

Até agora, foram detidas 245 pessoas, aprendidas 556 pistolas de gás, 108 outras armas de fogo e 33.748 munições de vários calibres.
As forças policiais de vários países realizaram 421 buscas domiciliárias e descobriram ainda silenciadores, ferramentas para converter as pistolas em armas de fogo, armas de atordoamento, plantações de cannabis, granadas, latas de gás pimenta.

Foram ainda apreendidas 234 moedas antigas, o que configura o crime de violação de bens culturais/antiguidades.
Em Espanha, foram identificados e desmantelados, pelo menos, quatro oficinas para a conversão de armas de gás para armas de fogo e produção de munições.

Na Grécia, foram detidas mais de 100 pessoas, apreendidas 101 pistolas e 5.537 munições.

Segundo a Europol, nos últimos anos as pistolas de gás/alarme tornaram-se extremamente populares entre os criminosos e têm sido muito utilizadas no tráfico de droga dado que a sua conversão em armas de fogo é muito fácil, a maioria dos modelos são idênticos a uma arma de fogo além de serem relativamente baratas e muitas vezes são usadas para intimidar quando se cometem crimes.

Na operação Bósforo participaram as polícias de Espanha, Roménia, Grécia, Bélgica, Holanda, Polónia, Chipre, Finlândia, Suécia, Reino Unido com o apoio da Bulgária

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Guterres apela à Coreia do Norte para cumprir resoluções

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, apelou este sábado ao ministro do Exterior da Coreia do Norte, Ri Yong Ho, para o cumprimento das resoluções que o Conselho de Segurança impôs ao país em resposta à sua escalada armada.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.