sicnot

Perfil

Mundo

Europol deteve 245 pessoas e apreendeu 556 pistolas de gás

Diretor da Europol, Rob Wainwright. (Reuters/Arquivo)

© Jerry Lampen / Reuters

A Europol e polícias de vários países detiveram 245 pessoas e apreenderam 556 pistolas de gás na operação Bósforo, destinada a combater o tráfico de armas e explosivos.

A 'Operação Bósforo', que decorreu durante vários meses em 10 Estados-membros da União Europeia, visou a apreensão de pistolas de gás/alarme de fabrico turco traficadas para Europa através da Bulgária, explica a Europol em comunicado hoje divulgado.

Até agora, foram detidas 245 pessoas, aprendidas 556 pistolas de gás, 108 outras armas de fogo e 33.748 munições de vários calibres.
As forças policiais de vários países realizaram 421 buscas domiciliárias e descobriram ainda silenciadores, ferramentas para converter as pistolas em armas de fogo, armas de atordoamento, plantações de cannabis, granadas, latas de gás pimenta.

Foram ainda apreendidas 234 moedas antigas, o que configura o crime de violação de bens culturais/antiguidades.
Em Espanha, foram identificados e desmantelados, pelo menos, quatro oficinas para a conversão de armas de gás para armas de fogo e produção de munições.

Na Grécia, foram detidas mais de 100 pessoas, apreendidas 101 pistolas e 5.537 munições.

Segundo a Europol, nos últimos anos as pistolas de gás/alarme tornaram-se extremamente populares entre os criminosos e têm sido muito utilizadas no tráfico de droga dado que a sua conversão em armas de fogo é muito fácil, a maioria dos modelos são idênticos a uma arma de fogo além de serem relativamente baratas e muitas vezes são usadas para intimidar quando se cometem crimes.

Na operação Bósforo participaram as polícias de Espanha, Roménia, Grécia, Bélgica, Holanda, Polónia, Chipre, Finlândia, Suécia, Reino Unido com o apoio da Bulgária

  • "Nós precisamos que os governantes estejam ao lado dos agricultores"
    11:54

    Economia

    Devido à seca, este ano Portugal vai ter a pior campanha de cereais do último século. A falta de chuva também está a afetar as pastagens e a produção de fruta. Eduardo de Oliveira e Sousa, presidente da CAP, a confederação que representa as associações de agricultores, esteve na Edição da Noite para falar sobre o tema.

  • "Há uma grande diferença em relação à anterior liderança do PSD"
    14:29

    País

    O ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, esteve esta quarta-feira na Edição da Noite da SIC Notícias. As novas relações com o PSD e a reprogramação do Portugal 2020 foram alguns dos temas de conversa. Pedro Marques defende que existe "uma grande diferença" entre as lideranças de Passos Coelho e Rui Rio no PSD.

    Entrevista SIC Notícias