sicnot

Perfil

Mundo

Governo turco despede 367 funcionários e encerra dois canais de televisão

© Umit Bektas / Reuters

O governo da Turquia emitiu hoje um decreto que declara o encerramento de dois canais de televisão e o despedimento de 367 funcionários por porem em perigo a segurança nacional, informou a agência de notícias Anadolu.

O decreto, publicado no Boletim Oficial do Estado, anuncia também a criação de uma comissão de investigação do Estado de Emergência, em vigor desde julho de 2016, para tratar dos casos de funcionários despedidos através do decreto.

Enquanto 367 funcionários foram despedidos, outros 124 funcionários públicos, expulsos em decretos anteriores, foram readmitidos, acrescenta o mesmo decreto do Governo.

A maioria dos trabalhadores despedidos pertence ao Ministério do Interior, principalmente de governos municipais, e à Direção de Assuntos Religiosos.

Por sua vez, o Kanal 12 e on4 TV, dois canais locais de televisão foram encerrados por "trabalharem contra a segurança nacional do Estado" e a sua propriedade foi transferida para a tesouraria do Estado.

Após declarar o Estado de Emergência, cinco dias depois da tentativa de golpe de Estado do passado dia 15 de julho, o governo turco despediu milhares de funcionários e encerrou centenas de organizações, incluindo vários meios de comunicação.

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.