sicnot

Perfil

Mundo

Trump promete a empresários suprimir 75% da regulamentação e baixar impostos

© Kevin Lamarque / Reuters

O presidente norte-americano, Donald Trump, recebeu esta segunda-feira na Casa Branca um grupo de grandes empresários a quem prometeu suprimir 75% da regulamentação e uma "baixa maciça" dos impostos pagos pelas empresas.

"Pensamos que podemos reduzir a regulamentação 75%, talvez mais", disse, assegurando, sem dar pormenores dos seus planos, garantir a segurança do emprego e a proteção do ambiente.

Uma das promessas de campanha de Trump, já colocada no 'site' oficial da presidência, é "reformar todo o código regulatório para garantir que os empregos e a riqueza são mantidos na América".

O presidente assegurou que "haverá vantagens" para as empresas que fabriquem os seus produtos nos Estados Unidos e que vai impor "uma taxa de importação substancial" para produtos fabricados no estrangeiro.

Trump prometeu igualmente "baixar os impostos maciçamente, para a classe média e para as empresas", precisando que esse corte será de "entre 15% e 25%" da taxa de 35% paga atualmente.

Esse corte depende, sublinhou, de as empresas manterem a sua atividade em território norte-americano.

"Tudo o que têm a fazer é ficar. Não se vão embora, não despeçam os vossos empregados nos Estados Unidos", disse.

Trump fez estas declarações num encontro com 12 empresários dos Estados Unidos, entre os quais Mark Fields, da Ford, Marillyn Hewson, da Lockheed Martin, Alex Gorsky, da Johnson & Johnson, Michael Dell, da Dell, ou Elon Musk, da Space X.

Lusa

  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11
  • Uma foto para a história

    Mundo

    As mulheres dos líderes mundiais que se reúnem nas cimeiras da NATO posam para a fotografia oficial das primeiras-damas. A deste ano é histórica. Pela primeira vez, há um marido de um primeiro-ministro entre as nove mulheres. Trata-se de Gauthier Destenay, casado com o líder do Luxemburgo.