sicnot

Perfil

Mundo

Cerca de 200 presos fogem de prisão brasileira após novo motim

(Arquivo)

© Nacho Doce / Reuters

Cerca de 200 presos fugiram esta terça-feira de uma penitenciária localizada no interior do estado de São Paulo, no Brasil, depois de um motim.

Os fugitivos estavam no Centro de Progressão Penitenciária Prof. Noé de Azevedo, perto da cidade de Bauru, e terão escapado depois de uma briga causada por um desentendimento entre os presos e os funcionários da unidade.

Colchões foram queimados e o Corpo de Bombeiros local enviou viaturas para conter as chamas.

Há registo de danos em várias partes da prisão.

A Secretaria de Administração Penitenciária do estado de São Paulo informou que a situação já está controlada e que a polícia está a tentar recapturar os fugitivos.

Esta prisão brasileira tem capacidade para 1.124 reclusos, mas acolhia 1.427 presos no regime semiaberto, ou seja, podem sair da unidade para trabalhar durante o dia, mas têm de voltar à noite para dormir.

Desde o início do ano, uma série de tumultos fez pelo menos 130 presos mortos entre os reclusos de diferentes estabelecimentos prisionais de Amazonas, Roraima e Rio Grande do Norte.

Estas disputas juntam-se aos habituais problemas de excesso populacional nas prisões e das péssimas condições do sistema penitenciário do Brasil.

Lusa

  • Rebelião em prisão espalha o medo nas ruas da cidade brasileira de Natal

    Mundo

    A disputa de poder entre fações criminosas dentro das cadeias do Estado do Rio Grande do Norte, no nordeste do Brasil, já espalhou o medo nas ruas da capital local, a cidade de Natal. Segundo informações do portal de notícias G1, ao todo, 28 veículos, pelo menos um prédio público e duas esquadras da polícia foram atacadas entre quarta-feira e o início da tarde desta quinta-feira.

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC