sicnot

Perfil

Mundo

Casa Branca apela ao respeito da privacidade de filho mais novo de Trump

© Carlos Barria / Reuters

A Casa Branca apelou terça-feira para o respeito da privacidade de Barron Trump, filho de Donald e Melania Trump, 10 anos, em nome de uma tradição que sempre foi muito respeitada nos Estados Unidos, independentemente do Presidente.

"Existe uma antiga tradição segundo a qual os filhos dos presidentes crescem fora dos holofotes", lembrou, num breve comunicado, a Casa Branca, acrescentando esperar que a tradição continue.

O canal de televisão NBC suspendeu um dos seus funcionários do programa "Saturday Night Live" por ter publicado sexta-feira, durante a tomada de posse de Donald Trump, uma imagem do filho mais novo do Presidente, ato que descreveu como "imperdoável".

Depois daquele incidente, várias vozes se levantaram contra a publicação, incluindo a de Chelsea Clinton, filha de Bill e Hillary Clinton."Barron Trump merece, como todos os outros, ser apenas uma criança", escreveu na rede social Twitter Chelsea Clinton.

Lusa

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • O Nokia 3310 está de volta
    1:16

    Economia

    A Nokia chegou a ser uma das maiores empresas do mundo devido ao fabrico de telemóveis. Caiu, mas acaba de fazer renascer um dos sucessos de vendas do início do milénio. O anúncio foi feito este domingo, em Barcelona.