sicnot

Perfil

Mundo

Casa Branca apela ao respeito da privacidade de filho mais novo de Trump

© Carlos Barria / Reuters

A Casa Branca apelou terça-feira para o respeito da privacidade de Barron Trump, filho de Donald e Melania Trump, 10 anos, em nome de uma tradição que sempre foi muito respeitada nos Estados Unidos, independentemente do Presidente.

"Existe uma antiga tradição segundo a qual os filhos dos presidentes crescem fora dos holofotes", lembrou, num breve comunicado, a Casa Branca, acrescentando esperar que a tradição continue.

O canal de televisão NBC suspendeu um dos seus funcionários do programa "Saturday Night Live" por ter publicado sexta-feira, durante a tomada de posse de Donald Trump, uma imagem do filho mais novo do Presidente, ato que descreveu como "imperdoável".

Depois daquele incidente, várias vozes se levantaram contra a publicação, incluindo a de Chelsea Clinton, filha de Bill e Hillary Clinton."Barron Trump merece, como todos os outros, ser apenas uma criança", escreveu na rede social Twitter Chelsea Clinton.

Lusa

  • "Fiquei absolutamente perplexo com a escolha de Elina Fraga"
    0:43

    País

    Rogério Alves diz que ficou perplexo com a escolha de Elina Fraga para a vice-presidência do PSD. Em declarações à TSF e Diário de Notícias, o antigo bastonário da Ordem dos Advogados lembra as divergências com o governo de Passos Coelho, sobretudo em matérias de justiça.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de armas da PSP, três recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avançou este sábado que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07