sicnot

Perfil

Mundo

O desabafo de uma professora numa carta pública

Eva María Romero Valderas é uma professora espanhola que decidiu escrever uma carta pública, em que diz que gosta muito de ensinar, mas que "está farta da má educação de uma percentagem cada vez maior de alunos", "farta do protecionismo dos pais" e "farta que se ponha em questão o trabalho dos docentes." A carta tornou-se viral em Espanha, depois do jornal La Voz de Marchena a publicar.

A professora destacou "a falta de educação" dos alunos, acompanhada do "protecionismo dos pais", que desejam que os filhos alcancem os seus objetivos sem qualquer esforço e "sem sofrer".

Contudo, a professora não se fica por aqui. Valderas critica ainda a administração das escolas, que "muda as leias que regem o trabalho dos professores, sem fornecer formação mais adequada".

Numa carta longa, lembra ainda a falta de compreensão que sente por grande parte da sociedade espanhola. A professora defende que trabalha para melhorar o seu desempenho e que faz muito pelo ensino, como trabalhar horas extras em casa, e agora por ouvir com regularidade a expressão: "que bem vivem".

"Gosto de ensinar. Gosto de estar com os alunos. Considero-me um motor social de mudança, uma força geradora. Não sou um burro de carga disposto a aguentar tudo até arrebentar".

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.