sicnot

Perfil

Mundo

Ator Shia LaBefouf detido durante protesto anti-Trump

Deepti Hajela

Shia LaBeouf foi detido esta quinta-feira em Nova Iorque depois de se ter envolvido em confrontos com um homem durante um protesto anti-Trump. O ator lançou o projeto "He Will Not Divide Us" ("Ele não nos vai dividir") na passada sexta-feira como protesto à eleição de Trump.

As autoridades explicaram que LaBeouf terá puxado o cachecol de um homem de 25 anos, arranhando-lhe a cara. A polícia diz ainda que o ator também terá empurrado o indivíduo, que mais tarde recusou assistência médica.

O confronto entre os dois homens ocorreu em frente à transmissão em direto que faz parte do projeto lançado por LaBeouf, perto do museu nova iorquino "Museum of the Moving Image" em Queens. O ator terá sido interrompido - durante a transmissão - pelo homem, que teceu comentários com os quais Shia não concordava.

Nas imagens da transmissão, LaBeouf pode ser visto no centro - de chapéu vermelho - após ser detido pelas autoridades.

Nas imagens da transmissão, LaBeouf pode ser visto no centro - de chapéu vermelho - após ser detido pelas autoridades.

As autoridades estavam no local desde o início do projeto e procederam de imediato à detenção de LaBefouf.

O ator tem sido uma presença constante no local desde o início da transmissão. O projeto começou no dia de tomada de posse de Trump e poderá ser visto durante 24 horas, sete dias por semana, durante os próximos quatro anos.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11