sicnot

Perfil

Mundo

Taxa de desemprego em Espanha desce para 18,63%, a mais baixa desde 2009

Reuters

© Andrea Comas / Reuters

A taxa de desemprego em Espanha baixou para 18,63 % em 2016, a mais reduzida desde 2009, segundo o inquérito sobre a população ativa publicado esta quinta-feira em Madrid pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) espanhol.

De acordo com este relatório, o número de desempregados baixou em 541.700 pessoas no ano passado, situando o número total de pessoas sem trabalho nas 4.237.800, a menor dos últimos sete anos.

Por outro lado, o número de pessoas com emprego aumentou para 18.508.100, o que significa mais 413.900 do que em 2015.

O número de empregados aumentou menos do que a redução dos desempregados, devido à diminuição da população ativa em 127.800 pessoas durante 2016, alcançando os 22.745.900 espanhóis, o menor número de pessoas ativas dos últimos 10 anos.

De acordo com o mesmo relatório, o número de agregados familiares espanhóis em que todos os membros ativos estão desempregados diminuiu no quarto trimestre de 2016 em 50.500, para um total de 1.387.700, dos quais 344.800 eram unipessoais (famílias com uma pessoa).

O número de famílias em que todos os membros ativos estão ocupados aumentou em 60.700, até alcançar os 9.883.600 agregados familiares, dos quais 1.868.700 são unipessoais.

Comparando com o mesmo período de 2015, o número de agregados familiares com todos os seus membros desempregados foi reduzido em 168.900, enquanto os que têm todos os seus membros ativos empregados creceu em 353.200.

Lusa

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, ainda durante o mês de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano, vão ser contratados novos assistentes de bordo. Ainda assim, o sindicato diz que não chega.

  • "Facilitámos muito no lance do 5-1 e não pode ser"
    1:09

    Desporto

    No final do jogo, o treinador do Desportivo de Chaves, Luís Castro, admitiu o domínio completo do Sporting durante todo o encontro. Já Jorge Jesus deixou elogios a Daniel Podence, que foi aposta para este jogo. O treinador do Sporting ficou satisfeito com a exibição mas não gostou de sofrer o golo de honra da equipa flaviense.