sicnot

Perfil

Mundo

Antiga secretária de Estado quer tornar-se muçulmana em protesto contra Trump

A antiga secretária de Estado norte-americana Madeleine Albright disse esta quarta-feira que está "preparada" para se "registar como muçulmana", num protesto contra a nova administração do país, liderada por Donald Trump.

Albright manifestou a intenção na conta que tem na rede social Twitter.

"Fui criada como Católica, tornei-me Episcopaliana e descobri mais tarde que a minha família era judaica. Estou pronta para me registar como Muçulmana em solidariedade", diz a antiga secretária de Estado.

A publicação surge depois da Casa Branca ter anunciado que vai suspender o programa de apoio a refugiados e parar temporariamente a atribuição de vistos a pessoas originárias de vários países de raízes muçulmanas.

  • Troika nem sempre protegeu os mais vulneráveis, conclui avaliação do FMI

    Economia

    O organismo de avaliação independente do FMI concluiu que as medidas aplicadas pela troika em Portugal nem sempre protegeram as pessoas com menos rendimentos, apontando que a primeira preocupação do Fundo era a redução dos défices, apurou o gabinete independente de avaliação do Fundo Monetário Internacional (FMI),

  • "A maioria das pessoas que criticou André Ventura nunca viveu esses problemas"
    3:43

    Opinião

    A polémica em torno das declarações do candidato do PSD à Câmara de Loures, André Ventura, sobre o modo de vida da etnia cigana no concelho, esteve em análise no Jornal da Noite desta segunda-feira. Miguel Sousa Tavares defende que "os problemas existem mas não podem ser generalizados". O comentador SIC considera, ainda assim, que André Ventura tem razão quando diz que "a maioria das pessoas que o criticou nunca viveu esses problemas".

    Miguel Sousa Tavares