sicnot

Perfil

Mundo

Chefe do Pentágono ordena revisão de programa de caças furtivos F-35

© Amir Cohen / Reuters

O secretário da Defesa, James Mattis, ordenou uma revisão do dispendioso programa do avião de combate furtivo F-35, pedindo para se analisar se o caça Boeing F/A-18 "Super Hornet", menos sofisticado, pode ser uma alternativa, anunciou o Pentágono.

"O programa F-35 é um programa crucial que merece uma análise a fundo para reduzir os custos que lhe estão associados", sublinha Mattis num curto memorando divulgado pelo Pentágono.

O F-35, construído pela Lockheed Martin é considerado o programa de armamento mais caro da história militar, com um custo estimado de perto de 400 mil milhões de dólares (374 mil milhões de euros).

No início de janeiro, o Presidente eleito Donald Trump criticou o preço "fora de controlo" daquele avião ultrassofisticado, cujo desenvolvimento foi marcado por atrasos e derrapagens no custo.

O F-35 começou a entrar ao serviço na Força Aérea e na Marinha dos Estados Unidos.

O chefe do Pentágono também ordenou uma revisão do programa de compra do futuro Air Force One, o avião presidencial, encomendado à Boeing.

Lusa

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.