sicnot

Perfil

Mundo

Efígie do papa Francisco vai desaparecer dos euros do Vaticano

A efígie do papa Francisco vai desparecer a partir de março dos euros do Estado do Vaticano e substituída pelas armas e as doze estrelas da União Europeia, noticiou a agência I. Media, citando o diário católico "Avvenire".

As oito novas faces nacionais das moedas (entre 01 cêntimo e dois euros) foram publicadas a 24 de janeiro no Jornal Oficial da União Europeia. O reverso é o mesmo de todas as outras moedas da zona euro.


O papa Francisco, muitas vezes chamado de "papa dos pobres", critica constantemente o poder negativo do dinheiro. Devido à sua raridade, os euros do Vaticano, que são legais em todos os países da zona euro, são geralmente vendidos e comprados no mercado especulativo dos colecionadores.


Os acordos assinados entre a União Monetária Europeia e Itália -- de quem o Vaticano depende para cunhar moedas -- têm uma quota monetária específica para o Vaticano.


A primeira série anual do "Euro do Papa" foi posta à venda pela primeira vez a 01 de março de 2002, com a imagem de João Paulo II.

Lusa

  • Cinco mortos provocados pelo tufão Hato em Macau
    1:13
  • Prestação da casa aumenta pela primeira vez desde 2014
    1:17

    Economia

    Pela primeira vez em três anos, as taxas de juro do crédito à habitação, estão a subir. A subida é de apenas 1 euro, mas é a primeira desde 2014, depois de em maio deste ano ter estabilizado e em junho ter descido. A justificação para este aumento é a evolução das taxas euribor.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.