sicnot

Perfil

Mundo

Mike Pence diz que Trump vai nomear um juiz "construcionista" para o Supremo Tribunal

Matt Rourke

O vice-presidente dos Estados Unidos disse na noite de quinta-feira em Filadélfia que Donald Trump vai manter a promessa de nomear um juiz "estritamente construcionista" para o lugar em falta no Supremo Tribunal.

A expressão pode causar alguma estranheza, mas foi usada por Mike Pence com um propósito. Significa que o juiz escolhido por Trump será alguém que vai interpretar a Constituição de forma literal e sem ter em conta as mudanças que ocorreram na sociedade norte-americana desde o século XVIII, altura em que o documento foi elaborado.

Podem assim confirmar-se as promessas de Trump quando venceu as eleições em novembro de 2016. Na altura, declarou que iria nomear juizes antiaborto e favoráveis ao porte de armas de fogo.

Por enquanto sabe-se apenas que dispõe de uma lista de 20 possíveis candidatos e que deve anunciar na próxima semana o nome do escolhido.

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.