sicnot

Perfil

Mundo

Retirado corpo do último bombeiro morto em prédio de Teerão, 20 mortos confirmados

Vahid Salemi

As equipas de resgate recuperaram o corpo do último bombeiro desaparecido sob os escombros do edifício comercial que colapsou há nove dias no centro de Teerão, o que confirma que pelo menos 20 pessoas morreram na tragédia.

As vítimas mortais são 16 bombeiros e quatro outras pessoas, indicou o porta-voz dos bombeiros de Teerão, Yalal Maleki, citado hoje pelas agências oficiais iranianas.

As autoridades admitem no entanto que outras seis pessoas possam estar presas sob os escombros, já que as famílias notificaram o seu desaparecimento, disse na quinta-feira o subcomandante da Polícia de Teerão, o general Ali Reza Alipur.

O colapso do edifício, chamado Plasco e localizado a norte da zona do mercado no coração da capital iraniana, ocorreu a 19 de janeiro, após um grande incêndio, provocado por um curto-circuito, se propagar pelos seus 17 pisos.

Este foi o pior incêndio em Teerão desde que o fogo numa mesquita histórica causou a morte de 59 pessoas em 2005.

O Plasco, de 17 andares, foi construído no início da década de 1960 pelo empresário judeu iraniano Habib Elghanian.

Com o nome da empresa de plásticos de Elghanian, era o edifício mais alto da cidade naquela época.

Elghanian foi julgado por vários crimes, incluindo espionagem, e executado nos meses que se seguiram à revolução islâmica de 1979, que colocou no poder o atual poder e desencadeou a fuga da antiga comunidade judaica do Irão.

Lusa

  • "Só numa ditadura é possível tentar esconder o número de vítimas"
    0:51

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O primeiro-ministro diz que é "lamentável" a tentativa de aproveitamento político à volta dos incêndios. António Costa esteve esta quarta-feira à tarde na Autoridade Nacional de Proteção Civil e, no final do briefing, disse que é preciso confiança nas instituições do Estado. O primeiro-ministro deixou ainda muitas críticas à oposição no caso da lista de vítimas de Pedrógão Grande.

  • Sociedade de Pneumologia recomenda cuidados com calor e incêndios

    País

    A Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) alertou esta quarta-feira para os riscos respiratórios decorrentes dos incêndios e temperaturas elevadas, sobretudo para quem sofre de doenças crónicas, propondo medidas preventivas e recordando o aumento de mortalidade associado ao calor.

  • E os 10 mais ricos de Portugal são...

    Economia

    A família Amorim lidera a lista dos mais ricos do país, com uma fortuna avaliada em 3840 milhões de euros. Em segundo lugar surge Alexandre Soares dos Santos com 2532 milhões de euros. A família Guimarães de Mello ainda entra para o top 3, com um valor de 1471 milhões de euros. A lista foi elaborada pela revista EXAME, que conclui que os ricos estão ainda mais ricos, pela quarta vez consecutiva.

    Bárbara Ferreira

  • "Estou grávida! Estou a morrer!"
    1:14
  • Mulher vive sozinha numa ilha há 40 anos

    Mundo

    Zoe Lucas é a única pessoa a viver numa ilha canadiana, no norte do Atlântico. Nas últimas quatro décadas, a mulher de 67 tem partilhado a ilha Sable com cerca de 400 cavalos selvagens e 350 espécies de pássaros.