sicnot

Perfil

Mundo

Israel aplaude decisão de Donald Trump de construir muro entre EUA e México

© Amir Cohen / Reuters

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou este sábado que apoia a decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de construção de um muro na fronteira com o México.

"O presidente Trump está certo. Eu construí um muro ao longo da fronteira sul de Israel. Parou toda a imigração ilegal. Grande sucesso. Grande ideia", escreveu o político de forma telegráfica na rede social Twitter, adicionando as bandeiras de Israel e dos Estados Unidos.

Donald Trump assinou na quarta-feira um decreto para o início da construção de um muro ao longo da fronteira entre os Estados Unidos e o México - que tem uma extensão total de cerca de 3.000 quilómetros - para travar a entrada de imigrantes ilegais no território norte-americano.

O magnata deu assim o primeiro passo para concretizar uma das mais polémicas promessas da campanha eleitoral para as presidenciais.

"O muro é necessário porque o povo quer proteção e o muro protege. Basta perguntar a Israel. Tinham um absoluto desastre atravessando para o outro lado", afirmou Donald Trump na quinta-feira, numa conversa com um apresentador do canal conservador Fox News.

O Presidente dos Estados Unidos planeia financiar a construção do muro impondo um imposto de 20% sobre todos os bens provenientes daquele país.

Lusa

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, ainda durante o mês de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano, vão ser contratados novos assistentes de bordo. Ainda assim, o sindicato diz que não chega.

  • "Facilitámos muito no lance do 5-1 e não pode ser"
    1:09

    Desporto

    No final do jogo, o treinador do Desportivo de Chaves, Luís Castro, admitiu o domínio completo do Sporting durante todo o encontro. Já Jorge Jesus deixou elogios a Daniel Podence, que foi aposta para este jogo. O treinador do Sporting ficou satisfeito com a exibição mas não gostou de sofrer o golo de honra da equipa flaviense.