sicnot

Perfil

Mundo

Centenas de pessoas protestam em Toronto contra a política de imigração de Trump

© Chris Helgren / Reuters

Centenas de manifestantes protestaram esta segunda-feira junto ao consulado dos Estados Unidos em Toronto, contra a nova política de imigração aprovada na sexta-feira pelo Presidente norte-americano, Donald Trump.

Segundo a página do evento no Facebook participaram no protesto pacífico denominado por "Apoiamos os Refugiados e os Muçulmanos" quase quatro mil manifestantes, entre as 08:00 e as 14:00 horas locais.

O protesto também passou junto à Câmara Municipal de Toronto, na Nathan Phillips Square, onde os organizadores pediram aos manifestantes que entrassem em contacto com os vereadores da autarquia e deputados para que estes demonstrassem o seu desagrado ao Governo dos Estados Unidos.

"Ninguém é ilegal (Nobody is ilegal)" e "Parem de Deportar Pessoas (Stop Deporting People)", foram algumas das palavras de ordem.
Joe Cressy, vereador da Câmara de Toronto, disse durante o protesto, num discurso, que "os canadianos podem fazer a diferença ao mostrarem indiferença".

"Podemos enviar uma mensagem a [Donald] Trump ao sermos diferentes na própria casa, no nosso trabalho, junto das nossas comunidades", frisou.

O autarca sublinhou a importância de os canadianos conseguirem combater a violência e o ódio de um homem como Donald Trump, "tendo um comportamento diferente".

Para Zara Kamani, uma canadiana de família paquistanesa, em declarações à agência Lusa, "é intolerável que qualquer tipo de Governo possa limitar um grupo de pessoas, discriminando-as".

"Estou aqui para apoiar a descriminação contra todas as raças e religiões", acrescentou.

Para a manifestante, o atentado de domingo à noite no Quebeque, que fez seis mortos e oito feridos, deve-se a "uma combinação de fatores após a chegada de Trump ao poder".

A assistir ao protesto esteve também o investigador político Craig Smith, para quem o que se está a passar nos Estados Unidos está a causar "repercussões sérias a todos", como "o que se passou no Quebeque".

"Foi triste e muito perigoso. Alguém precisar de fazer algo. É muito óbvio que o que sucedeu está relacionado com esta política", disse o canadiano.

Numa ordem executiva assinada na sexta-feira, Donald Trump suspendeu a entrada de refugiados nos Estados Unidos por pelo menos 120 dias e impôs um controlo mais severo aos viajantes oriundos do Irão, Iraque, Líbia, Somália, Síria e Iémen durante os próximos três meses.
A entrada em vigor da medida na sexta-feira à noite apanhou de surpresa as pessoas que já estavam no avião e prontas para seguir viagem.

Lusa

  • Protestos contra Trump chegam à Europa
    3:17

    Mundo

    Os protestos contra as medidas anti-imigração de Donald Trump já chegaram à Europa. No Reino Unido, mais de 1 milhão e 400 mil pessoas assinaram uma petição contra a visita do Presidente ao país. O Presidente da Câmara de Madrid acusou Trump de violar os direitos humanos e fez comparação com Adolf Hitler.

  • Quem não concorda com Trump "pode ir embora"
    0:29

    Mundo

    A Casa Branca continua a defender de forma vigorosa o decreto com as limitações de entrada nos Estados Unidos assinado na sexta-feira por Donald Trump. Perante a polémica em torno da medida, o porta-voz da Casa Branca lembrou esta segunda-feira que os representantes do Governo que não concordem com a decisão podem sempre ir-se embora.

  • "Decreto de Trump não tem força de lei"
    1:39

    Mundo

    A polémica ordem executiva de Donald Trump sobre imigração não tem força de lei. É um decreto temporário que pode ser declarado nulo pelos tribunais federais. A iniciativa do Presidente norte-americano é direcionada a cidadãos de sete países, como explica Cândida Pinto, editora de internacional da SIC.

  • Quem deve ser o próximo treinador do FC Porto?

    Desporto

    Nuno Espírito Santo já não é treinador do FC Porto. O técnico e o clube chegaram a acordo mútuo para a rescisão do contrato, que o ligava por mais uma temporada aos dragões. Nuno Pinto da Costa tem agora que encontrar um novo treinador para orientar dos "dragões". Os nomes em cima da mesa são vários. Diga-nos quem deve ser o novo treinador do FC Porto.

  • Os treinadores do FC Porto desde o último título 

    Desporto

    Nunca o FC Porto esteve quatro anos consecutivos sem ganhar um título durante a presidência de Nuno Pinto da Costa. A ausência de vitórias teve início na época de 2013/14, quando começou uma autêntica dança de treinadores.

  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • Divulgado vídeo dos bambardeamentos contra o Daesh no Iraque
    0:42
  • Leão-marinho arrasta criança de doca em Vancouver
    0:51

    Mundo

    O momento em que um leão-marinho arrasta uma menina para a água foi gravado e publicado na internet. Sem nada que fizesse prever, o animal puxou a criança que estava sentada numa doca em Vancouver, no Canadá. A criança foi resgatada de imediato por um familiar e apesar do susto não sofreu ferimentos. O momento de aflição foi testemunhado por vários turistas.