sicnot

Perfil

Mundo

Guterres espera que refugiados voltem a ser prioridade da administração de Trump

© Ruben Sprich / Reuters

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, recordou esta segunda-feira que os Estados Unidos têm "uma grande tradição" de proteção de refugiados e disse esperar "firmemente" que esta volte a ser uma das prioridades do Governo de Donald Trump.

"A proteção dos refugiados deve ser garantida. O acesso dos refugiados a um lugar onde estejam seguros é extremamente importante", disse, numa conferência de imprensa em Adis Abeba, Etiópia, onde participou na abertura da cimeira da União Africana (UA).

"Os Estados Unidos têm uma grande tradição na proteção de refugiados, espero que esta medida seja apenas temporária", afirmou Guterres, depois de ter sido questionado sobre a interdição de entrada a cidadãos de sete países de maioria muçulmana, decretada na sexta-feira passada pelo novo Presidente norte-americano, Donald Trump.

Entre os países que constam da lista, há três africanos - Líbia, Somália e Sudão - e Guterres apresentou a presença na cimeira da UA para reforçar que os países do continente africano são os que acolhem a maior população de refugiados no mundo.

"As fronteiras africanas continuam abertas para todos os refugiados que necessitam da sua proteção, enquanto as fronteiras em muitos outros países estão a ser fechadas, incluindo nos locais mais desenvolvidos do mundo", lamentou Guterres, perante o plenário da União Africana.

Por outro lado, sobre uma possível revisão das relações entre os Estados Unidos e a Organização das Nações Unidas admitida por Trump, o secretário-geral da ONU reconheceu que é um assunto "preocupante", mas disse acreditar que seja possível encontrar uma solução através de um "diálogo construtivo" em que participa de forma direta.

Antes de ser nomeado secretário-geral da ONU, Guterres foi alto comissário das Nações Unidas para os Refugiados durante dois mandatos (dez anos).

A ordem executiva assinada pelo Presidente norte-americano, Donald Trump, na sexta-feira pouco antes das 17:00 locais (22:00 em Lisboa), proíbe a entrada a todos os refugiados durante 120 dias, assim como a todos os cidadãos de sete países de maioria muçulmana (Síria, Líbia, Sudão, Irão, Iraque, Somália e Iémen) durante 90 dias.

Lusa

  • Quem deve ser o próximo treinador do FC Porto?

    Desporto

    Nuno Espírito Santo já não é treinador do FC Porto. O técnico e o clube chegaram a acordo mútuo para a rescisão do contrato, que o ligava por mais uma temporada aos dragões. Nuno Pinto da Costa tem agora que encontrar um novo treinador para orientar dos "dragões". Os nomes em cima da mesa são vários. Diga-nos quem deve ser o novo treinador do FC Porto.

  • Os treinadores do FC Porto desde o último título 

    Desporto

    Nunca o FC Porto esteve quatro anos consecutivos sem ganhar um título durante a presidência de Nuno Pinto da Costa. A ausência de vitórias teve início na época de 2013/14, quando começou uma autêntica dança de treinadores.

  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • Divulgado vídeo dos bambardeamentos contra o Daesh no Iraque
    0:42
  • Leão-marinho arrasta criança de doca em Vancouver
    0:51

    Mundo

    O momento em que um leão-marinho arrasta uma menina para a água foi gravado e publicado na internet. Sem nada que fizesse prever, o animal puxou a criança que estava sentada numa doca em Vancouver, no Canadá. A criança foi resgatada de imediato por um familiar e apesar do susto não sofreu ferimentos. O momento de aflição foi testemunhado por vários turistas.