sicnot

Perfil

Mundo

Doença de origem desconhecida afeta milhares de pessoas em São Tomé

ARMANDO FRANCA

Uma doença de origem ainda desconhecida está a afetar São Tomé e Príncipe, tendo as autoridades sanitárias diagnosticado já 1.994 casos e quatro óbitos "associados à doença", indicou fonte hospitalar.

Os primeiros casos desta infeção foram diagnosticados nos últimos 10 meses. A infeção ataca os membros inferiores e a esmagadora maioria das vítimas são homens.

"Coceiras, inchaço das pernas, pele avermelhada que depois se constitui em bolhas, dores intensas de membros inferiores, são os principais sintomas da doença, que deixa depois uma espécie de queimadura na pele e com corrimentos", explica a diretora dos cuidados primários de saúde, Maria Tomé Palmer.

Há cerca de dois meses, o ministério da Saúde de São Tomé e Príncipe pediu a ajuda das autoridades sanitárias portuguesas para tentar identificar a doença e encontrar uma cura.

Deslocou-se ao país o infecciologista Kamal Mansinho, da Unidade de Doenças Infecciosas do Hospital Egas Moniz. O especialista português recomendou um tratamento, mas "o efeito revelou-se incapaz" de combater a doença e o número de casos esta aumentar.Nessa altura, as autoridades falavam em mais de 640 casos e hoje já são 1.994 as pessoas infetadas.

As autoridades sanitárias do país mostram-se preocupadas e procuram agora uma segunda linha de tratamento eficaz para a doença, tendo recorrido à ajuda da Organização Mundial da Saúde (OMS), que enviou um especialista para o arquipélago.

Ghislain Sopoh, do Benim, disse hoje aos jornalistas que "ainda è prematuro" definir o tipo de patologia que está a afetar os são-tomenses.

Maria Tomé, diretora dos cuidados primários de Saúde de São Tomé e Príncipe, disse que uma das enfermarias do hospital Ayres de Menezes que foi reservada para acolher os doentes com esta doença "está repleta", e os custos de internamento têm sido elevados, tendo em conta, o período demorado que as pacientes ficam no hospital para tratamento.

A médica garantiu que não há mortes diretas relacionadas com a doença em causa, mas explicou que pacientes com imunidades baixas com doenças associadas ao caso, nomeadamente a diabetes, não conseguem resistir e acabam por falecer.

A gravidade da situação levou o ministério da saúde a orientar a rádio e a televisão pública a emitir permanentemente anúncios a alertar a população sobre o risco da doença e os seus sintomas e os cuidados a ter.

Lusa

  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11
  • Uma foto para a história

    Mundo

    As mulheres dos líderes mundiais que se reúnem nas cimeiras da NATO posam para a fotografia oficial das primeiras-damas. A deste ano é histórica. Pela primeira vez, há um marido de um primeiro-ministro entre as nove mulheres. Trata-se de Gauthier Destenay, casado com o líder do Luxemburgo.