sicnot

Perfil

Mundo

Irão adverte Washington para não procurar "novas tensões"

© Ruben Sprich / Reuters

O ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano, Mohammad Javad Zarif, advertiu hoje os Estados Unidos para não procurarem "um pretexto" para criar "novas tensões" em relação ao programa de mísseis balísticos do Irão.

"Esperemos que a questão do programa defensivo do Irão (...) não seja usada como pretexto" pela nova administração norte-americana para "provocar novas tensões", declarou Zarif, em conferência de imprensa conjunta com o homólogo francês, Jean-Marc Ayrault.

Zarif não confirmou, nem desmentiu a realização de um ensaio de míssil, na segunda-feira, de acordo com o governo norte-americano.

A Casa Branca informou estar a analisar os pormenores relativos ao ensaio de um míssil balístico do Irão, país que está sujeito a uma resolução do Conselho de Segurança da ONU que proíbe ensaios de mísseis balísticos com capacidade para transportar uma ogiva nuclear.

Na conferência de imprensa, Zarif sublinhou que "a questão dos mísseis não faz parte do acordo" sobre o programa nuclear iraniano, assinado em julho de 2015 entre Teerão e o grupo dos 5+1 (os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU - Estados Unidos, Reino Unido, França, Rússia e China - e a Alemanha).

O chefe da diplomacia iraniana respondia a uma pergunta sobre se o Irão tinha realizado um ensaio de mísseis recentemente.
Zarif reiterou a posição habitual das autoridades iranianas, ao afirmar que os mísseis do país "não estão concebidos para transportar ogivas nucleares".

  • Governo vai avaliar situação da associação Raríssimas
    1:41

    País

    O Governo promete avaliar a situação da instituição Raríssimas e agir em conformidade, depois da denúncia de alegadas irregularidades na gestão financeira. A presidente da instituição terá usado dinheiro da Raríssimas para gastos pessoais como vestidos de alta-costura e alimentação. Esta é uma instituição que apoia doentes e famílias que convivem de perto com doenças raras. 

  • Diáconos permanentes: quem são e que cargo ocupam na comunidade católica
    10:04
  • Múmia quase intacta descoberta em Luxor
    1:23

    Mundo

    O Egito anunciou, este sábado, a descoberta de dois pequenos túmulos com 3.500 anos na cidade de Luxor. Foram também encontrados uma múmia em bom estado de conservação, uma estátua do deus Ámon Ra e centenas de artefactos de madeira e cerâmica ou pinturas intactas.