sicnot

Perfil

Mundo

Atividade vulcânica em Marte tem dois mil milhões de anos

A análise a um meteorito de Marte, encontrado em África em 2012, revelou indícios de atividade vulcânica no planeta há dois mil milhões de anos, segundo um estudo divulgado esta quarta-feira na revista Science Advances.

Para o autor principal do estudo, Tom Lapen, professor de geologia da Universidade de Houston, nos Estados Unidos, os resultados oferecem novas pistas sobre como o 'planeta vermelho' evoluiu e sobre a história da sua atividade vulcânica.

Muito do que os cientistas sabem sobre a composição de rochas vulcânicas de Marte tem origem em meteoritos descobertos na Terra.

O meteorito de 2012, conhecido como Noroeste de África 7635, foi detetado por ser um tipo de rocha vulcânica chamada 'shergoti'. Onze destes meteoritos marcianos, com composição química e tempo de ejeção semelhantes, já foram encontrados.

A análise de diferentes substâncias fornece informações sobre a idade do meteorito, a sua fonte de magma e o tempo em que esteve na superfície da Terra.

O 'Noroeste de África' ter-se-á formado há 2,4 mil milhões de anos, o que indicia, segundo o investigador, que foi ejetado de um dos maiores centros vulcânicos do Sistema Solar.

Lusa

  • Primatóloga Jane Goodall na Cimeira National Geographic em Lisboa
    3:00

    País

    Qual o futuro do planeta? O desperdício alimentar. A relação do homem com os animais. São estes alguns dos temas da cimeira da National Geographic que decorre entre hoje e amanhã em Lisboa. Entre os oradores está Jane Goodall, a primeira cientistas a estudar chimpanzés selvagens.

  • Marcelo na peregrinação de Nossa Senhora de Fátima no Luxemburgo

    Mundo

    O Presidente da República participou esta quinta-feira, a título privado, na peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, na cidade luxemburguesa de Wiltz. Milhares de portugueses receberam Marcelo Rebelo de Sousa, que assistiu à missa e, durante alguns minutos, participou na procissão.

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.