sicnot

Perfil

Mundo

Guardas prisionais feitos reféns em cadeia de alta segurança norte-americana

Guardas prisionais foram esta quarta-feira feitos reféns pelos reclusos de uma cadeia de segurança máxima no estado norte-americano de Delaware, fazendo com que todas as prisões estaduais entrassem em isolamento do exterior, enquanto a polícia invadia as instalações.

Geoffrey Klopp, presidente da Associação dos Guardas Prisionais do Delaware, revelou que o comissário do Departamento de Correção (DOC) lhe disse que guardas prisionais tinham sido feitos reféns no Centro Correcional James T. Vaughn, em Smyrna, desconhecendo-se ainda o número de agentes envolvidos.

Num breve comunicado, o DOC indicou que as suas Equipas de Reação Rápida e a polícia do Estado de Delaware se encontram no local a gerir a situação de sequestro.

A porta-voz do DOC, Jayme Gravell, disse apenas que foi comunicada uma situação de emergência na prisão de Smyrna ao fim da manhã de hoje.

O estabelecimento prisional encerrou todos os acessos ao exterior, o mesmo acontecendo em todas as outras cadeias do estado, em conformidade com a política do DOC.

Segundo a porta-voz, trata-se de um incidente isolado que não representa qualquer ameaça para a população civil.

Os bombeiros foram chamados ao local após relatos da existência de fumo e estão de prevenção para intervir caso seja necessário. Imagens de vídeo do complexo prisional captadas de cima mostram guardas fardados reunidos em dois grupos ao longo de gradeamentos perto de uma entrada da penitenciária.

Em imagens posteriores, veem-se várias pessoas à volta de uma maca, correndo enquanto a empurram pelas instalações, mas não se consegue perceber se lá está alguém deitado. Veem-se também outras pessoas de pé junto a umas portas com uma maca vazia e uma cadeira de rodas.

De acordo com a página do DOC na Internet, este é o maior estabelecimento prisional masculino do Delaware, albergando cerca de 2.500 reclusos, de mínima, média e alta segurança, e também detidos do condado de Kent que aguardam julgamento. É também o local onde está instalado o corredor da morte do Estado norte-americano e são executados os prisioneiros condenados a pena capital. A prisão abriu em 1971.

Em 2004, um recluso violou uma advogada e fê-la refém durante quase sete horas na prisão de Smyrna, de acordo com uma notícia feita na altura pela AP, segundo a qual um atirador do departamento prisional depois abateu a tiro o atacante, Scott Miller, de 45 anos, pondo fim ao incidente.

Lusa

  • Quem deve ser o próximo treinador do FC Porto?

    Desporto

    Nuno Espírito Santo já não é treinador do FC Porto. O técnico e o clube chegaram a acordo mútuo para a rescisão do contrato, que o ligava por mais uma temporada aos dragões. Nuno Pinto da Costa tem agora que encontrar um novo treinador para orientar dos "dragões". Os nomes em cima da mesa são vários. Diga-nos quem deve ser o novo treinador do FC Porto.

  • Os treinadores do FC Porto desde o último título 

    Desporto

    Nunca o FC Porto esteve quatro anos consecutivos sem ganhar um título durante a presidência de Nuno Pinto da Costa. A ausência de vitórias teve início na época de 2013/14, quando começou uma autêntica dança de treinadores.

  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • Divulgado vídeo dos bambardeamentos contra o Daesh no Iraque
    0:42
  • Leão-marinho arrasta criança de doca em Vancouver
    0:51

    Mundo

    O momento em que um leão-marinho arrasta uma menina para a água foi gravado e publicado na internet. Sem nada que fizesse prever, o animal puxou a criança que estava sentada numa doca em Vancouver, no Canadá. A criança foi resgatada de imediato por um familiar e apesar do susto não sofreu ferimentos. O momento de aflição foi testemunhado por vários turistas.