sicnot

Perfil

Mundo

Irão confirma teste de míssil, mas garante que não viola acordo nuclear

Arquivo Reuters

© Reuters Photographer / Reuter

O ministro da Defesa iraniano, o general Hossein Dehghan, confirmou esta quarta-feira a realização de um ensaio com um míssil, denunciado pelos EUA, mas afirmou que o teste não constitui uma violação do acordo nuclear, noticia a agência Isna.

"Esta ação não está em contradição com o acordo nuclear nem com a resolução 2231", declarou Dehghan, acrescentando que "este ensaio surge na continuação do programa defensivo" do Irão.

A resolução 2231 "pede ao Irão que não realize qualquer atividade ligada a mísseis balísticos concebidos para transportar uma ogiva nuclear".

O Irão sempre disse que os seus mísseis não são concebidos para transportar armas nucleares.

"Nós temos um programa para produzir equipamentos defensivos no quadro dos nossos interesses nacionais e ninguém pode influenciar a nossa decisão", acrescentou.

A nova embaixadora norte-americana junto da ONU, Nikki Haley, afirmou na terça-feira que o teste feito no domingo pelo Irão de um míssil balístico de médio alcance é "absolutamente inaceitável".

"Confirmámos que o Irão testou um míssil de tamanho médio a 29 de janeiro, domingo. É absolutamente inaceitável", declarou no final de uma reunião de emergência do Conselho de Segurança das Nações Unidas, à porta fechada, sobre o assunto.

Lusa

  • As confissões de Sérgio Conceição: do futuro no FC Porto à zanga com Rui Vitória 
    43:14
  • Parceiros sociais retomam hoje discussão sobre legislação laboral

    Economia

    Os parceiros sociais retomam esta tarde a discussão sobre as alterações à legislação laboral nas áreas do combate à precariedade, promoção da negociação coletiva e reforço da inspeção do trabalho. No encontro, marcado para as 15:00 no Conselho Económico e Social (CES), em Lisboa, o ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva, deverá apresentar um novo documento com alterações face ao que foi proposto aos parceiros sociais há dois meses.

  • Sabia que pode emprestar dinheiro a empresas e ganhar 7% em juros por ano?
    8:05
  • A experiência de um embaixador português na Coreia do Norte
    2:58

    País

    A Coreia do Norte tem o maior orçamento militar do mundo e o seu arsenal nuclear acaba por dar-lhe acesso a uma possível cimeira com os Estados Unidos. A pobreza e o culto da personalidade foram testemunhados pelo embaixador, José Manuel de Jesus, que visitou várias vezes Pyongyang.

  • EUA expulsa dois diplomatas venezuelanos e dá-lhes 48 horas para deixarem o país

    Mundo

    Os Estados Unidos anunciaram, na quarta-feira, a expulsão de dois diplomatas venezuelanos, aos quais deu um prazo de 48 horas para sairem do país. A decisão é a resposta ao anúncio de Presidente da Venezuela de expulsar o encarregado de negócios e o chefe da secção política da embaixada dos Estados Unidos em Caracas, Todd Robinson e Brian Naranjo, respetivamente.